ES: homem é preso usando identidade falsa para aumentar limite de conta em banco

Compartilhe

 

Homem de 52 anos foi preso com identidade falsa dentro de banco, em Vitória — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Homem de 52 anos foi preso com identidade falsa dentro de banco, em Vitória — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Um homem de 52 anos foi preso pela Polícia Civil no momento em que utilizava uma identidade falsa para tentar aumentar o limite de sua conta em um banco localizado na Reta da Penha, em Vitória.

A prisão do suspeito ocorreu na última quinta-feira (27), mas foi divulgada nesta terça (1) pela Delegacia de Defraudações (Defa).

De acordo com o delegado titular da Defa, Douglas Vieira, as investigações indicam que o suspeito comprou o documento falso por R$ 250,00 e que ele pretendia abrir contas em diversos bancos da Grande Vitória, a fim de conseguir empréstimos, cartões de crédito e financiamentos em nome da vítima.

O mesmo homem já havia ficado preso durante cinco meses em 2014 pelo crime de estelionato.

“A área de segurança do banco suspeitou e a Polícia Civil fez a abordagem. No momento da abordagem, ele optou por apresentar documento falso. Ele usou isso pra abrir conta naquele banco e queria aumentar limite do cheque especial, do cartão de crédito para gastar o máximo que podia”, disse o delegado.

Ainda segundo Douglas Vieira, o verdadeiro dono da identidade não sabia que seu nome estava sendo usado para a abertura de contas.

“A vítima não sabe de nada, não sabe da existência dessa conta falsa. Os golpistas de valeram dos seus dados e falsificaram a identidade. É um cidadão que trabalha em uma grande empresa, tem uma renda muito boa e por isso é um dos alvos prediletos dos golpistas porque eles conseguem fazer empréstimos em valore altos, aumentar limites de cartões e de cheque especial”, explicou.

Para conseguir os dados das vítimas e produzir documentos falsos, os criminosos se valem de diferentes tipos de golpe, seja se passando por instituições financeiras e ligando para as vítimas para pedir atualizações de cadastros ou, ainda, oferecendo falsos empregos e financiamentos.

A Polícia Civil também suspeita de que além de usar a conta, o suspeito detido também tivesse a intenção de cedê-la para que outros criminosos pudessem depositar o dinheiro adquirido em golpes.

O suspeito foi autuado pelo crime de uso de documento falso e irá responder pelos crimes de estelionato e de falsidade ideológica por meio de inquérito policial. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

Como a Justiça já decretou a prisão preventiva do homem, ele responderá preso pelo crime.

Leia também

Operação apreende menor com drogas e prende homem com arma de fogo

  Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar, realizada na tarde desta quinta-feira (30), resultou na apreensão...

Ruas sendo preparadas para calçamentos em Vila Paulista

Funcionários, maquinas e servidores da prefeitura de Barra de São Francisco, realizam limpeza em ruas do bairro Vila...

Limpeza geral sendo realizada no bairro Irmãos Fernandes

Servidores da secretaria de Limpeza e Serviços da prefeitura de Barra de São Francisco, estão em ação nesta...

Espírito Santo descarta 2º caso suspeito de varíola dos macacos e começa a investigar 3º

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Espírito Santo divulgou, no início da tarde desta segunda-feira (4),...

Coluna – Brasileirão está mais difícil do que nunca

Se fizermos uma pesquisa agora perguntando quem é o favorito ao título da Série A do Brasileirão é...

ES: mulher é encontrada morta dentro de casa

Uma mulher foi assassinada dentro de casa, no bairro Vila Bethânia, em Viana, na Grande Vitória. A informação...

Café produzido no Estivado vence 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido no último sábado (03), durante o...