ES: homem é preso duas vezes em um dia após tentar roubar a mesma clínica

Suspeito foi preso, na primeira vez, por policiais militares ao tentar roubar clínica em Vila Velha

Um homem foi preso duas vezes em um único dia após tentar roubar a mesma clínica de fisioterapia no Centro de Vila Velha, na Grande Vitória. Na primeira vez, o homem foi flagrado pela Polícia Militar com uma sacola cheia de produtos roubados. Já na segunda, ele voltou e quebrou todo o material.

A primeira tentativa de roubo aconteceu por volta das 5h desta segunda-feira (6). De acordo com o dono da clínica, o empresário Thiago Pereira, a polícia foi acionada após o alarme do imóvel tocar duas vezes.

Ao entrar no local, os policiais se depararam com o suspeito, que estava escondido em um canto. Em uma sacola, ele havia recolhido alguns bens, como micro-ondas e sanduicheira.

“Ele disse que ia fazer uma faxina. Mas eu não contratei ninguém para faxina, ainda mais às cinco horas”, contou o dono da clínica.

O suspeito foi levado para a delegacia por volta das 7h, mas não chegou a ser transferido para o presídio. Ele foi liberado e às 15 horas já estava nas ruas novamente.

O homem decidiu invadir a clínica novamente. Em função da pequena diferença de horário, acredita-se que ele tenha saído da delegacia caminhando direto ao estabelecimento.

Desta vez, o prejuízo foi maior. “Ele quebrou um monte de coisas. Quebrou o micro-ondas que ele pegou, a misteira”, contou Thiago.

O homem foi novamente capturado e preso, mas desta vez por agentes da Guarda Municipal de Vila Velha, que o levaram para a Delegacia Regional do município.

“Ele informou que tinha retornado para pegar uma mochila que ele deixou no furto pela manhã. Mas essa mochila não existia. Tratava-se dos mesmos materiais que ele havia tentado roubar pela manhã”, diz o agente Rusley Medeiros.

Para o empresário dono da clínica, a situação gera decepção.

“O mínimo que eu esperava era um pouco mais de qualidade nessa punição a essa pessoa. Não é possível que a gente está trabalhando com o maior sufoco para ser subtraído assim tão facilmente”.

Leia mais

Leia também