ES: homem é encontrado morto em mangue e família acha moto dele sendo vendida na internet

 

O corpo de um homem foi encontrado nesta terça-feira (2) no mangue do bairro Andorinhas, em Vitória.

Ele foi identificado como William Loureiro de Jesus, de 35 anos. William trabalhava como auxiliar de operações em uma siderúrgica da Serra.

A família acredita que ele pode ter sido vítima de latrocínio. A moto dele foi colocada a venda em uma rede social. A esposa dele viu o anúncio antes mesmo de saber que o marido tinha morrido.

William saiu de casa, no bairro Vila Nova de Colares, na tarde da última sexta-feira (26), dizendo que levaria a moto para uma oficina em Jardim Limoeiro. Ele não levou o celular.

“Infelizmente, o celular ficou em casa pois estava com defeito. Quando chegou a noite, comecei a me preocupar porque não tinha aparecido. Começou o desespero, ficamos esperando a ligação, não tinha como ligar. Passavam os dias, a aflição aumentava”, contou a esposa, sem se identificar.

Ela disse que somente na última segunda (1º), ela e amigos de William procuraram a polícia, registraram um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento dele e procuraram o Departamento Médico Legal (DML). Somente no dia seguinte, recebeu uma ligação da policia dizendo que o corpo havia sido encontrado.

Ela esteve na manhã desta quinta (4) no DML para liberar o corpo. O laudo com a causa da morte ainda não foi liberado.

Corpo foi encontrado no mangue em Vitória

Corpo foi encontrado no mangue em Vitória

 

Leia mais

Leia também