ES: homem é atingido por onda de lama provocada por caminhão em rua alagada

 

Um caminhão provocou uma onda ao passar em alta velocidade por uma rua inundada em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Um homem que estava na rua foi atingido. A situação foi registrada pela câmera de videomonitoramento de um estabelecimento.

 

Homem é atingido por onda de água suja provocada por caminhão em alagamento no ES

O caso aconteceu na Rua Etelvina Vivacqua, no bairro Nova Brasília, na última segunda-feira (15). No vídeo, é possível ver o momento que a onda de água suja atinge o homem, que estava na calçada, uma mulher, que estava no interior de uma distribuidora de bebidas, e derruba mercadorias do estabelecimento.

 

Comércio é atingido por onda de água suja provocada por caminhão no ES

De acordo com os moradores e comerciantes da rua, toda vez que chove forte, eles têm prejuízos com os alagamentos. A comerciante Jucimeia Regina Stulzer, que aparece no vídeo de camisa vermelha, disse que está pensando em desistir do ponto comercial.

“Não depende de muita chuva, qualquer chuva em 10 minutos, alaga. Não teve muita chuva. Já tinha entrado muita água dentro da loja. Ele me jogou para trás, o moço que estava aqui não sei o estado de saúde dele, e a perda foi de 100%”.

De acordo com ela, os comerciantes usam comportas de 25 quilos com borrachas nas extremidades para tapar as portas e tentar conter as águas, mas nem sempre isso é suficiente.

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim informou, por meio de nota, que enviou uma equipe ao local nessa quarta-feira (17). A prefeitura diz que já tem um projeto de macrodrenagem e pavimentação, que aguarda captação de R$ 30 milhões em recursos para as obras. A solução seria a construção de uma galeria celular de 3 metros por 2,5 metros e com quase três quilômetros de comprimento.

O caminhoneiro que provocou a onda pode responder a infração de jogar água sobre pedestres, que gera multa de R$ 130 e quatro pontos na carteira de habilitação.

Leia mais

Leia também