ES: faixas com ameaça de ‘dar cacete’ em quem empinar moto

Compartilhe

 

Pelo menos três faixas alertando e ameaçando motociclistas que costumam empinar motos foram instaladas na região da Grande São Pedro, em Vitória, nos últimos dias. A reportagem é de Fabiana Oliveira, do g1 ES.

“Proibido tirar de giro e chamar no grau. Sujeito a cacete. Não vamos mais aceitar essas coisas na comunidade”, dizem as faixas penduradas em pelo menos dois bairros da região.

A expressão “tirar de giro” é quando o motociclista aperta a embreagem da motocicleta até que ela faça um barulho alto. O “chamar no grau” é quando a moto é empinada.

Ameaças semelhantes foram registradas no litoral de São Paulo em dezembro.

De acordo com a Polícia Militar, o condutor flagrado com a descarga livre, com mau funcionamento do veículo e fora do padrão pode ser notificado com base do artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro.

“A Polícia Militar informa que quando uma equipe flagra esse tipo de situação, o condutor é notificado. Sem o flagrante, não é possível notificar o motociclista. A população pode acionar uma viatura da PM através do Ciodes (190) para que policiais verifiquem a situação”, diz trecho da nota enviada pela PM.

Sobre a ameaça nas faixas, a Polícia Militar disse que “a fixação ou retirada de faixas, banners ou quaisquer outras formas de comunicação em espaço público são disciplinadas pelo poder municipal”.

Moradores da Grande São Pedro não sabem quem instalou a faixa, mas muitos demonstraram apoio nas redes sociais e disseram que o barulho até diminuiu na região da Praça Dom João Batista, onde uma das faixas foi instalada.

“E está funcionando. Quase não vi nenhuma moto barulhenta hoje aqui por perto”, disse uma moradora na rede social.

“Também não compactuo com a violência mas infelizmente essas pessoas não tem nem um pouco de empatia com os moradores que também são trabalhadores e levantam cedo para trabalhar. Eu sofro muito com esses giros na madrugada porque tenho filho autista e ele acorda aos gritos por conta do barulho. Infelizmente temos que lidar com as consequências da falta de noção de algumas pessoas”, disse outra internauta.

“1h, 2h, 3h, 4h, 5h da madrugada passa esses moleque que na maioria das vezes nem CNH tem fazendo barulho com essas motos incomodando quem tem que levantar cedo para trabalhar”, disse outra internauta.

“Olha, não compactuo com a violência mas vamos combinar. Esses barulhos dessas motos irritam demais. Então entendo a atitude”, comentou outra internauta.

A Secretaria de Segurança Urbana de Vitória (Semsu) informou que tem feito operações com a Guarda Civil Municipal (GCMV) em todas as regiões da capital capixaba para coibir comportamentos ilícitos de motociclistas no trânsito. Sobre a ameaça nas faixas, a Guarda também não se pronunciou.

Sobre a ameaça nas faixas, a Polícia Civil disse que o crime de ameaça depende de manifestação por parte da vítima e orienta que quem se sentiu ameaçado registre boletim de ocorrência pessoalmente em alguma delegacia ou por meio da Delegacia Online. A polícia disse também que ainda não recebeu denúncias sobre o assunto.

De acordo com os artigos 230 e 240 do Código de Trânsito Brasileiro, fazer barulho alto e malabarismos com a moto são práticas proibidas e as infrações podem ser penalizadas com multas e retenção do veículo.

Art. 230 – Conduzir o veículo:

  • XI – com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante;
  • Infração – grave;
  • Penalidade – multa;
  • Medida administrativa – retenção do veículo para regularização.

Art. 244 – Conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor:

  • III – fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas em uma roda;
  • Infração – gravíssima;
  • Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir;
  • Medida administrativa – retenção do veículo até regularização e recolhimento do documento de habilitação.
Faixa com mensagem ameaçando quem empinar moto foi instalada na Praça Dom João Batista — Foto: Caique Verli/TV Gazeta

Faixa com mensagem ameaçando quem empinar moto foi instalada na Praça Dom João Batista — Foto: Caique Verli/TV Gazeta

Faixa com mensagem ameaçando quem empinar moto foi instalada na Rua da Coragem, em Santo André — Foto: Kaique Dias/TV Gazeta

Faixa com mensagem ameaçando quem empinar moto foi instalada na Rua da Coragem, em Santo André — Foto: Kaique Dias/TV Gazeta

Faixas com ameaça de 'dar cacete' em quem empinar moto foram colocadas em ruas de Vitória — Foto: Caique Verli/TV Gazeta e Luiz Veiga/TV Gazeta

Faixas com ameaça de ‘dar cacete’ em quem empinar moto foram colocadas em ruas de Vitória — Foto: Caique Verli/TV Gazeta e Luiz Veiga/TV Gazeta

Leia também

MedicalPlus inaugura clínica em Nova Venécia

Inaugurada nesta segunda-feira, dia 27, a MedicalPlus é a primeira clínica de diagnóstico por imagem em Nova Venécia...

Confira a previsão do tempo para a semana no estado

  O frio voltou a fazer parte da rotina do capixaba, ao menos durante parte desta semana. É o...

Losartana: Anvisa determina recolhimento e interdição de lotes; veja o que fazer

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta quinta-feira (23), o recolhimento e interdição de diversos lotes...

Mãe que estuda gastronomia e cuida de seis filhos com renda de R$ 400 consegue emprego

  Apesar das dificuldades, a capixaba Vanessa dos Santos, de 41 anos, entrou em uma faculdade de gastronomia para...

Operação contra sonegação fiscal mira grupo que deu prejuízo de R$ 150 milhões aos cofres públicos

    Operação contra sonegação fiscal mira grupo que deu prejuízo de R$ 150 milhões aos cofres públicos — Foto:...

CEARÁ: Equipes de Atenção Básica realizaram 34,5 mil consultas de pré-natal com seis ou mais atendimentos por gestante em 2021

Para prevenir e detectar precocemente doenças em gestantes e bebês, o Ministério da Saúde recomenda que as mulheres...

Vai à capital? navios da Marinha serão abertos para visitação pública

O Porto de Vitória terá visitação pública e gratuita a navios da Marinha no sábado (2) e no...