Entenda quais as vantagens de comprar um imóvel na planta

Quem procura um imóvel na planta busca por exclusividade e personalização, desde a distribuição dos pontos elétricos até alterações de paredes e automação das unidades. Além disso, procura também por menos burocracia na análise de documentação e, neste contexto, durante a negociação diretamente com a construtora, a empresa passa a ser responsável pelas certidões e por definir um pagamento com fluxos adequados, ajustando o que é melhor para o cliente.

Segundo o diretor-geral do Grupo Proeng, Antonio Gonçalves, é possível facilitar o sinal e montar um fluxo com 25% do valor da unidade durante o período de obra, que é em média de 36 meses. Também há a possibilidade de parcelar o restante em até 220 meses com a instituição bancária da preferência do cliente após a entrega do empreendimento.

“Há uma flexibilidade no valor do sinal e fluxo durante a obra, com reajuste feito somente pelo Custo Unitário Básico da Construção Civil (CUB). E o restante do financiamento bancário somente após o término do empreendimento, sendo o cliente impactado diretamente pela valorização imobiliária da unidade comprada durante todo o período de construção.”

Para deixar o imóvel com a cara do cliente, é possível fazer alterações como a troca de revestimentos, pisos, louças e até na automação do apartamento durante a obra. — Foto: Proeng/Divulgação

Para deixar o imóvel com a cara do cliente, é possível fazer alterações como a troca de revestimentos, pisos, louças e até na automação do apartamento durante a obra. — Foto: Proeng/Divulgação

PERSONALIZAÇÃO

Para deixar o imóvel com a cara do cliente, as alterações permitem a troca de revestimentos, pisos, louças e até na automação do apartamento durante a obra.

Entretanto, Antônio Gonçalves destaca que essas modificações só podem ser definidas antes do início das obras. Isso porque os projetos são avaliados pela equipe de engenharia da construtora.

Planta do apartamento da coluna 3 do New Jersey, em Itaparica — Foto: Proeng/Divulgação

Planta do apartamento da coluna 3 do New Jersey, em Itaparica — Foto: Proeng/Divulgação

“É possível escolher um apartamento na planta que o melhor atenda, sem necessidade de gastar com reformas e manutenções de um imóvel pronto”, pontua Antônio Gonçalves.

E se o financiamento oferece condições especiais, a documentação para adquirir esses imóveis também é facilitada. O comprador precisa apresentar apenas os documentos pessoais como RG e CPF, além do comprovante de residência e estado civil.

HISTÓRICO

Mas atenção: antes de fechar negócio é importante pesquisar o histórico da empresa, tempo de mercado e o cumprimento dos prazos de entrega dos empreendimentos.

Além disso, vale destacar que a valorização do imóvel vai depender da localização da unidade, do desenvolvimento urbano da cidade e da infraestrutura agregada pelo morador.

Perspectiva de uma suíte do Beach Walk Proeng Home, também em Itaparica — Foto: Proeng/Divulgação

Perspectiva de uma suíte do Beach Walk Proeng Home, também em Itaparica — Foto: Proeng/Divulgação

“A Proeng completa no próximo mês 32 anos de mercado e, durante todo esse tempo, já entregou mais de 84 obras, tanto comerciais quanto residenciais. É com credibilidade e solidez que os clientes se identificam e nos escolhem para conquistar o imóvel dos sonhos” destaca Antônio Gonçalves.

Os empreendimentos trazem diferenciais sustentáveis e tecnológicos, aplicados em todos os lançamentos recentes da Proeng: New Jersey Residencial, Beach Walk Proeng Home e North Village Proeng Home.

Planta do apartamento na coluna 5 do Beach Walk Proeng Home — Foto: Proeng/Divulgação

Planta do apartamento na coluna 5 do Beach Walk Proeng Home — Foto: Proeng/Divulgação

Pensando no meio ambiente, a construtora investe na utilização de materiais com o menor impacto possível. Além da gestão dos resíduos utilizados na construção, há o envio da madeira da obra para reciclagem, elevadores inteligentes e econômicos, captação da água de chuva para áreas comuns, entre outros.

 


Leia mais

Leia também