Enivaldo: “Depois da eleição, todos juntos pela cidade”

Na condição de pré-candidato a prefeito de Barra de São Francisco, o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) defendeu o direito de qualquer pessoa colocar sua candidatura e se habilitar a disputar o pleito, mas antecipou que, independente de qualquer coisa, no dia seguinte à votação “a eleição já é passado” e garantiu que, se for o eleito, vai fazer um pacto pelo desenvolvimento da cidade.

E como seria esse pacto? O parlamentar já tem uma ideia clara disso: vai chamar todos os ex-prefeitos vivos a contribuírem com a administração. Esse tipo de ação por parte de Enivaldo não chega a surpreender a quem conhece sua história política, pois, em 1988, apesar de ter sido eleito numa dura disputa contra o candidato apoiado pelo então prefeito Edinho Pereira, ele administrou as resistências dentro de seu grupo e aproveitou na gestão nomes ligados ao grupo adversário.

“Não excluo ninguém. Todos os ex-prefeitos serão convidados a formarem um conselho, que se reunirá uma vez por mês para avaliarem os rumos da administração e sugerirem ações que beneficiem o município. Vou chamar Valdeles Cavalcanti, Luciano (Pereira), Edinho (Pereira), Machado (José Honório), o José Lauer e também o atual prefeito, que é candidato natural à reeleição, mas que será chamado a compor o conselho”, disse Enivaldo.
Outro conselho que Enivaldo garantiu organizar vai reunir todos os partidos e sindicatos do município, a exemplo do que ele fez na primeira gestão (1989-92), quando formou o “Conselho da Administração”, que reunia mais de 40 pessoas.

“Precisamos deixar as diferenças de lado. É justo que qualquer um queira ser prefeito, que dispute a eleição, mas, se depender de mim, depois disso a gente junta todas as forças como propulsão para o desenvolvimento de Barra de São Francisco, que precisa de investimentos públicos e privados e melhorar sua infraestrutura”, acentuou Enivaldo.

Leia mais

Leia também