Empresa assina venda de concessões terrestres do Polo Cricaré no norte do Espírito Santo

Foto: Hélio Filho/Secom

Em reunião ocorrida na tarde desta quinta-feira (03) com o governador do Estado, Renato Casagrande, no Palácio Anchieta, em Vitória, a Petrobras oficializou a assinatura do contrato para a venda da totalidade de sua participação em 27 concessões terrestres de exploração e produção do Polo Cricaré, localizado no norte do Espírito Santo, para a empresa Karavan Oil & Gas. A venda foi realizada por US$ 155 milhões.

O governador celebrou as oportunidades que deverão ser criadas a partir do acordo, que teve a articulação do Governo do Estado visando a manutenção de empregos e o estímulo ao desenvolvimento regional. “Essa é uma assinatura que interessa a todos nós pelo desinvestimento que a Petrobras está realizando e pelo investimento que a Karavan irá realizar. Uma oportunidade para os capixabas, para as empresas que têm esse perfil de extração e para o Estado, que será ainda mais competitivo”, disse.

Casagrande também reafirmou o compromisso junto às instituições para a constante melhora do ambiente de negócios no Espírito Santo:

“Temos uma gestão fiscal responsável e de excelência desde 2012, quando tive a oportunidade de governar o Estado pela primeira vez. De lá para cá somos Nota A todos os anos, o que nos dá uma condição de investimento em momentos de crise como essa que estamos vivendo. Criar o Fundo de Infraestrutura, que recebeu R$ 1,5 bilhão decorrentes de um acordo com a Petrobras, foi fundamental para a realização das obras que estamos concretizando”, pontuou o governador, citando que esse foi o primeiro evento no Palácio Anchieta desde o início da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), demandando todas as medidas de prevenção.

A partir da venda, a Karavan O&G Participações deterá 51% da Sociedade de Propósito Específico (SPE), enquanto a empresa Seacrest Capital Group Limited deterá os 49% restantes.

De acordo com o presidente da Karavan Oil & Gas, Fabiano Ramos, um dos motivos para a atração da empresa para o Polo Cricaré foi o ambiente de negócios do Espírito Santo. “Ao longo desse tempo de atuação da empresa, nós fomos seletivos nas oportunidades que nós buscamos e o que pesou na nossa decisão com relação aos 27 campos de petróleo foi o ambiente pró negócios e ético presente no Estado do Espírito Santo”, afirmou.

“Esperamos atuar no Espírito Santo com governança e responsabilidade social e ambiental. Por fim, estamos otimistas com relação aos campos terrestres, temos certeza que gerará aumento de receitas tributárias e trará benefícios para os municípios da região. Seremos um polo gerador de emprego e renda local”, disse Fabiano Ramos.

“Estarmos aqui hoje para reafirmar o nosso compromisso com o Estado do Espírito Santo e para a manutenção das atividades da Petrobras.  Desejamos muito sucesso para Karavan nesse novo empreendimento no Polo Cricaré. A Petrobras desenvolveu esse Polo durante muitos anos e ele já atingiu a fase de maturidade que justifica a transferência para outro perfil de empresa”, declarou o diretor executivo de Governança e Conformidade da Petrobras, Marcelo Zenkner.

Em sua fala, o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, agradeceu à empresa pela decisão e ressaltou o ambiente de negócios do Espírito Santo. “É com muita satisfação que recebemos essa notícia. Estamos muito felizes com a vinda da Karavan para o Estado e poder ver o ambiente de negócios do Estado está despertando o interesse de investidores de todos os setores. A Sedes está à disposição da empresa para novos contatos e para o desenvolvimento do Espírito Santo. Estamos sempre dispostos a atender àqueles que desejam investir no Espírito Santo”, enfatizou.

Também participaram da reunião a subsecretária de Estado de Competitividade e Projetos Estruturantes da Sedes, Rachel Freixo; o subsecretário de Estado de Integração e Desenvolvimento Regional da Sedes, Paulo Menegueli; a diretora financeira da Karavan Oil & Gas, Giovanna Siracusa; o diretor de Operações da empresa, Guilherme Santana; o conselheiro e diretor da Seacrest Petróleo, Michael Stewart; e o diretor-executivo de Relacionamento Institucional da Petrobras, Roberto Ardenghy.

Sobre o Polo Cricaré

O Polo Cricaré compreende 27 concessões terrestres localizadas no Estado do Espírito Santo nos municípios de São Mateus, Jaguaré, Linhares e Conceição da Barra. Os campos terrestres são: Biguá, Cacimbas, Campo Grande, Córrego Cedro Norte, Córrego Cedro Norte Sul, Córrego Dourado, Córrego das Pedras, Fazenda Cedro, Fazenda Cedro Norte, Fazenda Queimadas, Fazenda São Jorge, Guriri, Inhambu, Jacutinga, Lagoa Bonita, Lagoa Suruaca, Mariricu, Mariricu Norte, Rio Itaúnas, Rio Preto, Rio Preto Oeste, Rio Preto Sul, Rio São Mateus, São Mateus, São Mateus Leste, Seriema e Tabuiaiá.

A produção média do Polo Cricaré de janeiro a junho de 2020 foi de cerca de 1,7 mil barris de petróleo por dia e 14 mil metros cúbicos por dia de gás. 

Leia mais

Vila Pavão recebe materiais para combate ao coronavírus

O município de Vila Pavão recebeu na tarde...

Governo destina mais de R$ 10 milhões para acolhimento de dependentes químicos em situação de rua

O governo federal liberou cerca de R$ 10,2 milhões para o acolhimento de pessoas em situação de rua com dependência química. Ao todo, serão...

Amazonas mantém reforço da Força Nacional por mais 180 dias em terras indígenas

Força Nacional permanece na região até 29 de novembro – Foto: Divulgação/MJSP ...

Leia também

O TEMPO E A TEMPERATURA: Centro-Oeste do País tem tempo nublado e quente nesta quinta-feira (03)

Nesta quinta-feira (03), a Região Centro-Oeste ainda deve receber temporais em algumas localidades por causa de um corredor de umidade da formação de áreas...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Quinta-feira (3) será de chuva no leste nordestino

A previsão do tempo para o Nordeste brasileiro, nesta quinta-feira (3), é de chuva entre as áreas do leste nordestino, assim como nas áreas...