Empreendedorismo feminino: oportunidade e empoderamento

Laura Emilia Genizeli, empreendedora da Thereza Joias e Semijoias

Entrar no mundo do empreendedorismo feminino não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário, é preciso ter máxima dedicação, empenho, além de vontade de trabalhar para fazer o negócio dar certo. Os desafios são inúmeros, mas para cerca de 200 mil mulheres do Estado que resolveram apostar nas suas próprias habilidades, deu certo.

Este é o caso da empreendedora Laura Emília Genizeli de 40 anos. Por 25 anos ela fez parte do mercado de trabalho, atuando na área da educação e se se viu sem emprego, em maio deste ano, por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Laura Genizeli contou que sua sogra vendia semijoias. Em alguns momentos, ela levava as peças para vender para as amigas e tinha habilidade para as vendas. Foi daí que surgiu a ideia de ter seu próprio negócio.

A empreendedora abiu a Thereza, uma loja on-line especializada em joias e semijoias, e oferece consultoria personalizada para as clientes.  “Eu não sabia o que era empreender e o empreendedorismo se tornou um grande desafio na minha vida. Entrei nesse mundo e não tem mais volta, resolvi me qualificar, fiz cursos para saber tudo sobre as semijoais, além de fazer cursos para entender o ambiente virtual e as redes sociais onde minhas vendas acontecem”, disse Laura Emilia Genizeli.

Um elemento essencial para fazer o negócio dar certo, segundo Laura, foi não perder a essência. “Thereza vem dos nomes da minha avó e da minha filha, pessoas batalhadoras e que oferecem muito amor, força e autenticidade, é isso que o meu negócio representa. Hoje, estou muito realizada em empreender”, afirmou.

Para a diretora administrativa e financeira da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas do Estado (Aderes), Sandra Aragão, as mulheres são as que mais sofrem com o fechamento de vagas formais de trabalho, apesar disso, são as que mais se reinventam, buscando alternativas. Ou para complementar o orçamento familiar ou sua própria independência financeira, e com isso se torna um diferencial para a sociedade.

“As mulheres são mais determinadas, corajosas, não têm medo de trabalhar. Mas, um negócio vai além disso, é preciso ter conhecimento de gestão, saber lidar com o financeiro, fazer planejamento. É aí que a Aderes entra, proporcionando conhecimento voltado ao empreendedorismo, temos o projeto Delas com esse objetivo. É possível aprender a empreender e nós vamos proporcionar um suporte para quem precisar”, afirmou a diretora da Aderes.

Saiba mais:

Ações da Aderes voltadas ao Empreendedorismo Feminino:

1- Formalização de Microempreendedor Individual  (MEI)

Gerência de Micro e Pequena Empresa

Contato: 3636-8583

 

2- Orientação ao Crédito

Gerência de Micro e Pequena Empresa

Contato: 3636-8585

 

3- Formalização de Artesão

Gerência de Artesanato Capixaba

WhatsApp: 98895-2203

 

4- Cadastro de Empreendedores da Economia Solidária

Gerência de Economia Solidária

Contato: 3636-8572

 

5- Cursos de qualificação voltados para a criação de novos negócios

Inscrição a partir do início de dezembro

 

6- Consultoria para negócios existente

 

Leia mais

Cinco doenças que a população não dá importância e causam a morte de milhares de brasileiros

Proteger a saúde é de fato uma das grandes preocupações da população brasileira neste momento. A pandemia da covid-19 é considerada, atualmente, a maior...

PSDB oficializa a candidatura de Izaias Júnior à Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) oficializou neste domingo (13) a candidatura de Izaias Júnior à Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim. O anúncio...

Homem é assassinado a tiros em Boa Esperança

Um homem foi assinado na noite desta sexta-feira, dia 25, na Rua Itaúnas, próxima ao morro que dá acesso ao cemitério, no Centro de...

Leia também

Encontro Alagoano de Gestores Eleitos tem inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o Encontro Alagoano de Gestores Eleitos, realizado pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), em parceria com a Confederação Nacional...

Estimativa de receita do Fundeb para 2020 cai em 6,5%

A nova estimativa da receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) sofreu redução...

Pesquisa da Fiocruz aponta número elevado de mortes em domicílios do Rio de Janeiro

Pesquisa da Fiocruz mostra que, entre abril e setembro, a cidade do Rio de Janeiro apresentou 27 mil mortes acima do esperado, se comparado...

São Paulo recebe um milhão de doses da vacina para combate à Covid-19

O estado de São Paulo recebeu, nessa quinta-feira (03), 600 litros a granel da vacina Coronavac, que correspondente a um milhão de doses para...