Em todo o Espírito Santo, apenas um médico comparece para fazer perícia do INSS

O profissional trabalha na agência do INSS em Linhares, no norte do Estado. De acordo com o Instituto, todos os 12 consultórios que realizam perícia no Espírito Santo estão preparados.

Agência do INSS em Vitória está preparada para receber atendimentos de perícia — Foto: Carlos Palito/ TV Gazeta

Apenas um médico compareceu para trabalhar na perícia do INSS no Espírito Santo nesta sexta-feira (18). O profissional trabalha na agência de Linhares, no norte do Estado.

De acordo com o gerente executivo do INSS no Espírito Santo, William Marinot, todos os 12 consultórios que realizam perícia no Estado estão prontos para realizar o serviço, adequados dentro das exigências que foram feitas pelos médicos.

No entanto, se não está acontecendo o atendimento, isso não depende mais do INSS, segundo Marinot.

“A perícia médica é federal, separada do INSS, tem carreira própria. Essas questões deveriam ser feitas à carreira. Fizemos todos os protocolos de segurança que estavam previstos, agora só depende do retorno dos peritos médicos às agências”, explicou.

Nesses locais, foram instalados barreira acrílica para separar médico e paciente, pia com sabonete e papel toalha, recipientes com álcool em gel, e foram disponibilizados máscaras de três camadas, luvas, toucas, capotes e todos os equipamentos necessários para o atendimento dos segurados com segurança.

Em Vitória, na recepção, os cidadãos precisam passar por um detector de metais e ter a temperatura aferida por um termômetro. Um recipiente com álcool em gel foi disponibilizado na entrada.

Outras sete agências também estão equipadas e prontas para receber os atendimentos, nos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Guarapari, Linhares, São Mateus, Vila Velha e Santa Teresa.

A agência da Serra está passando por adequações finais para receber os atendimentos. E as agências de Cariacica, Mimoso do Sul e Montanha ainda não abriram porque o quadro de funcionários tem muitas pessoas no grupo de risco do coronavírus.

“Não abrimos ainda por questões administrativas. Nosso grupo de risco é muito alto do setor administrativo, por isso a gente não teria como abrir essas agências neste momento”, pontuou Marinot.

Leia mais

Festa na Praça em Água Doce do Norte é sucesso novamente

Aconteceu no último sábado (08/06/2019) mais uma edição da Festa na Praça em Água Doce do...

Caixa oferece novas linhas de crédito para pequenas e médias empresas

Crédito poderá ser utilizado para investimentos e capital de giro Foto: EBC A Caixa Econômica disponibilizou, nessa segunda-feira (24), novas linhas de crédito para facilitar...

Estado recebe doações de álcool para o combate a COVID-19

No último domingo (29), a Secretaria da Saúde...

Praias ficam cheias no feriado mesmo com pedido de isolamento em Vitória e outras cidades

Alto número de mortes e casos confirmados de...

Leia também

INDICADORES: Semana termina (30) com queda no café arábica

A saca de 60 quilos do café arábica termina a semana (30) com queda de 0,34% no preço e é vendida a R$ 536,73...

MP em discussão no Congresso Nacional pode aumentar volume de crédito oferecido a empresários paranaenses

A obtenção de crédito por empreendedores brasileiros tem se tornado um entrave durante a crise financeira ocasionada pela pandemia. No Paraná, segundo pesquisa do...

Leilão do saneamento básico em Alagoas deve aumentar percentual da população que recebe atendimento de coleta de esgoto

O serviço de saneamento básico deve ter um novo cenário na região metropolitana de Maceió nos próximos anos. Atualmente, segundo dados do Sistema Nacional...