Em São Paulo, 68% dos contratos feitos por municípios durante a pandemia não tiveram licitação

Durante a pandemia do novo coronavírus, 68% das despesas realizadas pelos municípios paulistas foram feitas com dispensa de licitação. No total, essas contratações, feitas entre março e junho, representam R$ 1,71 bilhão. 

O levantamento é do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), que acompanha as contas de 644 administrações municipais. No último levantamento a parcela de gastos que eram feitos sem licitação era de 94%.

São Paulo: empresas se adaptam para garantir retomada segura ao trabalho

O estado de São Paulo já possui 628.415 casos registrados de covid-19. O número de mortes é de 25 mil. A maior parte dos óbitos, 75,3%, é entre pacientes com 60 anos ou mais. O estado tem taxa de ocupação de leitos de 59,1%.

Foto: Agência Brasil

Leia mais

Leia também