Em reunião virtual, Fórum de São Paulo manifesta solidariedade a Cuba


A convicção de que Cuba superará a atual investida do Governo dos Estados Unidos foi ratificada nesta terça-feira (20), durante reunião por videoconferência do Fórum de São Paulo, informa o Granma

O encontro reafirmou a decisão de defender a Revolução Cubana e seu significado para as causas justas do mundo.

Rogelio Polanco Fuentes, membro do Secretariado do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e chefe de seu Departamento Ideológico, participou do encontro representando o Partido Comunista de Cuba.

“Nossa pátria revolucionária continua enfrentando o bloqueio, a agressão e o terrorismo que eles querem nos impor”, disse Polanco, que denunciou na reunião o ataque sem precedentes da mídia contra o processo revolucionário cubano em face dos mais recentes acontecimentos ocorridos na ilha.

Representantes de partidos políticos e organizações da esquerda latino-americana e caribenha participaram do encontro de solidariedade com Cuba, que ratificou a decisão de defender o exemplo da Revolução Cubana e seu significado para as causas justas do mundo. A solidariedade foi total, sob o lema “Cyba vencerá”.

O Fórum de São Paulo surgiu em 1990, a partir da convocação de Luiz Inácio Lula da Silva e Fidel Castro, para celebrar o primeiro encontro de movimentos e partidos políticos de esquerda da América Latina e do Caribe, e constitui um espaço de interação de forças progressistas para coordenar ações com o objetivo de combater o neoliberalismo, o capitalismo e suas políticas antipopulares.


Leia mais

Leia também