Em pronunciamento, Casagrande reforça pedido de isolamento: ‘vamos ter, por muitos meses, essa pandemia nos ameaçando’

Em novo pronunciamento no início da noite desta quarta-feira (22), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, reforçou o pedido de isolamento social diante da pandemia do novo coronavírus.

“Nós continuamos com o mesmo pedido, para as pessoas ficarem em casa, de compreenderem que nós estamos em uma fase de crescimento do contágio do vírus. Estamos perdendo vidas. Hoje mesmo nós tivemos mais três pessoas que perderam a vida”, afirmou Casagrande.

O governador também falou sobre a liberação do comércio em alguns municípios.

“Se não tivermos a colaboração das pessoas, os municípios que estão autorizados a funcionar, podem ser proibidos.  É preciso que o comerciante tenha todo cuidado com seu servidor, é preciso que o servidor tenha cuidado no atendimento ao cliente, é preciso que o cliente tenha cuidado na hora de ir a alguma loja que esteja aberta, algum serviço que esteja aberto”, reforçou.

Casagrande destacou ainda que o isolamento social ajuda na modelagem do mapeamento de risco dos municípios e pediu para que os capixabas ‘não corram risco’.

A orientação continua a mesma, de que nós estamos vivendo uma pandemia, que pessoas podem perder a vida. Não corram risco, não paguem para ver. É muito importante que vocês saibam a importância de se proteger e proteger outras pessoas. Não aglomerem, por favor, em nenhum local. Para que a gente possa ter sucesso nessa modelagem do mapeamento de risco de cada município, é preciso que a gente compreenda a necessidade da nossa tarefa individual.

Nós vamos ter, por muitos meses ainda, essa pandemia nos ameaçando,  ameaçando vidas nossas e de pessoas que gostamos”, concluiu.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também