Em primeira aparição pública após internação, papa Francisco pede paz em Cuba


Em sua primeira aparição pública após internação por 11 dias, o Papa Francisco pediu por paz em Cuba, atingida por intensos protestos sociais e campanha internacional contra o governo socialista. 

“Também estou próximo do querido povo de Cuba nestes tempos difíceis”, disse Francisco.

O papa também pediu o fim da recente violência na África do Sul e chamou as enchentes mortais na Europa Ocidental de “catástrofe”.

Francisco foi submetido a uma cirurgia no último domingo, para tratar uma “estenose diverticular do cólon”, que é causada pela doença diverticular, uma formação de divertículos (bolsinhas) no intestino grosso que podem sofrer inflamações frequentes.


Leia mais

Leia também