Em homenagem a profissionais, estudante capixaba toca saxofone em frente a unidade de saúde

Em meio à exaustão do trabalho durante a pandemia do novo coronavírus, os trabalhadores de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marataízes, no Sul do Espírito Santo, ganharam uma surpresa. A reportagem é de Any Cometti, do G1 ES.

O estudante Lucas Henrique da Costa Pereira, de 23 anos, foi até o local e, por alguns minutos, presenteou os profissionais e pacientes com uma música tocada no saxofone, instrumento que ele domina há mais de 12 anos.

“Aqui na minha região, vejo os médicos muito tensos com o plantão. Pensei que precisava fazer alguma coisa por eles e o que sei fazer de melhor é tocar. Foi um gesto simples em homenagem aos trabalhadores da saúde”, contou Lucas, que sonha em ser médico e vai fazer o vestibular para o curso de medicina neste ano.

A apresentação aconteceu no dia 10 de março. Depois de ter a ideia, Lucas pegou o saxofone e chamou o colega Wesley Scolforo, que também toca com ele na banda da igreja que frequentam. Os dois foram de moto até a UPA, que fica no bairro Cidade Nova.

Chegando lá, Lucas tirou a máscara apenas para tocar o saxofone e, a uma distância segura dos pacientes, tocou uma música de louvor. O colega fez a gravação.

Estudante toca saxofone em frente a UPA no ES — Foto: Acervo pessoal

Estudante toca saxofone em frente a UPA no ES — Foto: Acervo pessoal

No vídeo, dá para ver que vários pacientes prestam atenção na música. Uma senhora chega a levantar os braços e cantar junto e uma profissional da saúde também filma o momento.

“As pessoas ficaram encantadas quando comecei a tocar! A senhorinha levantou a mão, começou a cantar junto o louvor, acredito que ela conhecia. Foi uma surpresa para todo mundo. Para mim, foi muito emocionante”, lembrou, emocionado, o estudante. “Depois que terminei de tocar, todos meu aplaudiram”.

Em Vitória, a Orquestra Camerata Sesi comemorou os 13 anos de existência se apresentando na Unidade de Saúde de Consolação. Os músicos se apresentaram por 15 minutos. A intenção é fazer o mesmo em outras unidades de saúde.


Leia mais

Leia também