Em Belo Horizonte, estimativa de pessoas infectadas pela Covid-19 atinge maior patamar desde o final de julho

O Boletim da Acompanhamento mais recente da Agência Nacional de Águas (ANA), referente ao projeto-piloto COVID Esgotos, aponta que a estimativa de casos de coronavírus em Belo Horizonte quase dobrou no período de uma semana. 

Entidades defendem que Ministério da Saúde trace estratégias de vacinação contra Covid-19

Senado aprova priorização da vacina contra Covid-19 para grupo de risco

Os dados revelam que o total de infectados na última semana na capital mineira chegou a um milhão de pessoas, contra cerca de 600 mil diagnósticos estimados há 15 dias. Em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, a estimativa se manteve acima dos 200 mil infectados.

Esse quadro representa o maior valor estimado de pessoas infectadas desde o início do monitoramento do novo coronavírus no esgoto. O mais alto havia sido de cerca de 800 mil pessoas, na final de julho deste ano.

O projeto-piloto Monitoramento COVID Esgotos tem o objetivo de monitorar a presença do agente causador da Covid-19 nas amostras de esgoto coletadas em diferentes pontos do sistema de esgotamento sanitário das cidades de Belo Horizonte e Contagem. 

Belo Horizonte - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Leia mais

Leia também