Em 15 dias, Espírito Santo teve aumento de 30% no número de óbitos por Covid-19

As mortes por Covid-19 aumentaram 30% na região metropolitana de Vitória, nos últimos 15 dias. A informação é do secretário estadual de Saúde (Sesa-ES), Nésio Fernandes, e foi passada na tarde desta segunda-feira (20).

De acordo com Nésio, o Espírito Santo vinha em uma tendência de queda de casos de coronavírus, que foi interrompida na 2ª quinzena de agosto – quando os registros de infecção por Covid-19 voltaram a crescer.

“A região Sul do estado registrou aumento da ocupação de leitos de unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a região Metropolitana teve aumento no número de óbitos por Covid-19”, informou o secretário. De uma quinzena para outra, o número de mortes aumentou de 39 para 49 óbitos.

Um dos motivos para o crescimento das mortes, segundo o secretário, foi o aumento na circulação de variantes do novo coronavírus no estado. Dos 133 testes verificados pela Fiocruz para identificar a variante do vírus, 60% eram de contaminação pela delta. Outros 550 ainda estão em análise.

“A existência da variante gama e da delta em circulação no estado representam um risco grande para a população jovem e já vacinada. Por isso, a estratégia de vacinação precisa ser preservada”, disse Nésio.

A expectativa do governo é vacinar toda população adulta, com pelo menos uma dose da vacina, até o início de outubro.

Para alcançar essa meta, a partir desta semana, 10 municípios do Espírito Santo vão implantar postos de vacinação em locais de alto fluxo, onde passa muita gente, como terminais, rodoviárias e o aeroporto de Vitória.

Os municípios que já manifestaram ao governo que vão vacinar em locais com alto fluxo de pessoas são: Cariacica, Mimoso do Sul, Jerônimo Monteiro, Baixo Guandu, Jaguaré, Vila Velha, Cachoeiro de Itapemirim, Governador Lindenberg, Sooretama e São Mateus.

Em Vitória e Cariacica, para tomar a vacina nesses pontos, não será preciso fazer agendamento, mas será necessário um cadastro no site “Vacina e Confia”, que poderá ser feito na hora.

Além disso, o Espírito Santo vai manter a vacinação dos adolescentes com mais de 12 anos.

O secretário também informou que as outras 300 mil doses da vacina Coronavac compradas pelo governo do estado devem chegar ao Espírito Santo nesta semana. Os imunizantes serão usados na vacinação de adultos. As doses de Astrazeneca e Pfizer serão usadas para vacinar adolescentes e reforçar a imunização de idosos.