Eleições 2020: Zonas eleitorais cearenses firmam acordos para evitar aglomerações durante campanhas eleitorais

A propaganda eleitoral, autorizada a ocorrer a partir desse domingo (27), deu início a uma nova etapa das Eleições 2020. Com isso, a Justiça Eleitoral está intermediando acordos entre representantes de partidos políticos sobre regras de segurança sanitária nos atos de campanha, como comícios, caminhadas e passeatas. 

Na última semana, a Justiça soltou uma lista de zonas e municípios que firmaram pactos para a não realização desse tipo de evento, devido à pandemia. Entre eles, está a 26ª Zona Eleitoral, em Milagres e Abaiara, no Ceará. Foi firmado um acordo para a não realização de eventos de aglomeração de eleitores, sob pena de responsabilização legal, de acordo com as normas sanitárias emitidas pelas autoridades federais e estaduais.

Eleições 2020: Total de candidaturas bate recorde neste ano, com mais de 542 mil inscritos

A 71ª Zona Eleitoral, em Caririaçu, também no Ceará, não fará eventos dessa magnitude. O descumprimento das normas sanitárias municipais, estaduais e federais poderá resultar na responsabilização legal. 

Na Zona Eleitoral de Capistrano, Aratuba e Itapiúna (CE), foi decidido que, por conta da pandemia de covid-19, não serão realizados eventos que possam resultar na aglomeração de pessoas, sob pena de responsabilização legal, de acordo com as normas sanitárias emitidas pelas autoridades federais e estaduais. Quanto à queima de fogos, ficou acordado que os representantes partidários irão orientar sobre a sua não utilização.

A 27ª Zona Eleitoral, em Crato (CE), também firmou acordo para não realizar eventos que promovam aglomerações. 

O período de propaganda eleitoral começou nesse domingo, dia 27 de setembro, e vai até a véspera da eleição, no dia 14 de novembro. 

Foto: TSE

Leia mais

Leia também