Eleições 2020: TSE reforça ações para evitar contágio da Covid-19 durante votação

A poucos dias do primeiro turno das Eleições Municipais deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alerta a população sobre as medidas de segurança que devem ser tomadas por todos no dia da votação para evitar o contágio do novo coronavírus. Para auxiliar eleitores, candidatos e poder público durante o pleito, o TSE publicou o Plano de Segurança Sanitária. A publicação, que pode ser baixada no site do tribunal, contém diretrizes sobre ações a serem tomadas nessas eleições.

Em live promovida pelo TSE, Google Brasil e Instituto Palavra Aberta, o médico Roberto Kalil Filho, presidente do Instituto do Coração (Incor), reforçou que o mundo ainda enfrenta uma pandemia. Segundo ele, é fundamental que todos os eleitores respeitem as medidas de contenção da Covid-19. 

“Ainda estamos na pandemia. Independentemente do processo eleitoral todos precisam usar máscaras e o distanciamento se faz necessário para evitar a contaminação, nos protegermos e também proteger o próximo”, afirmou o médico.

Eleições 2020: Cresce o número de candidatos analfabetos concorrendo a vereador

Eleições 2020: Saiba como funciona a logística para realizar um processo eleitoral

Por conta da pandemia, o Congresso Nacional alterou o calendário eleitoral previsto para este ano. Anteriormente, o primeiro e segundo turno estavam marcados para 4 e 25 de outubro, respectivamente. Com a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), as datas passaram para 15 e 29 deste mês. 

Neste ano, os eleitores não precisarão se identificar por meio de biometria, segundo determinação do TSE para minimizar o risco de contágio do coronavírus. Além disso, o presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, disse que o Ministério da Saúde disponibilizou três milhões de máscaras para serem distribuídas aos eleitores que eventualmente compareçam aos postos de votação sem o acessório. 

“O Ministério da Saúde gentilmente disponibilizou três milhões de máscaras para eleitores que eventualmente não a tenham. Estamos falando de pessoas que não tenham condições de comprar ou que tiveram algum problema [para não levá-las].”

O TSE recomenda que eleitores e mesários com sintomas da Covid-19 ou que tenham sido contaminados pela doença até 14 dias antes das eleições não compareçam aos locais de votação. O tribunal ampliou o horário de votação das Eleições Municipais deste ano em uma hora e ocorrerá das 7h às 17h. No entanto, entre 7h e 10h, o horário será preferencial para as pessoas com mais de 60 anos.  Para mais informações acesse: https://www.tse.jus.br/

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Leia mais

Mulher é presa transportando meio quilo de cocaína pura dentro de ônibus na BR-101

Uma mulher de 35 anos foi presa na manhã desta sexta-feira (25) após ter sido flagrada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e...

EscoLAR mantém vínculo entre aluno e professor durante a pandemia da COVID-19

O Programa EscoLAR, criado pelo Governo do Estado,...

Sarampo: Vacinação de pessoas entre 20 e 49 anos segue até dia 30 de outubro

Jovens e adultos com idade entre 20 e 49 anos têm até o dia 30 de outubro para se vacinar contra o sarampo. Basta...

Leia também

Polícia Militar recupera motocicletas com restrições em Nova Venécia e Pinheiros

Nesta quarta-feira (02), policiais militares do 2º Batalhão recuperaram duas motocicletas com restrição de furto/roubo nos municípios de Nova Venécia e Pinheiros. Na ocasião,...

Duas iniciativas da Sefaz são finalistas no Prêmio Inoves 2020

Duas iniciativas propostas pela...