Eleições 2020: Candidatos entram na regra de conduta vedada a partir deste sábado (15); saiba mais

A partir do dia 15 de agosto, agentes públicos de todo o País vão estar proibidos de praticar diversas condutas devido às eleições municipais, marcadas para o dia 15 de novembro. O prazo de três meses que antecede o primeiro turno está de acordo com a legislação eleitoral e visa dar mais condições iguais de oportunidades entre os candidatos na disputa. 

A regra está prevista na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) e tem como objetivo evitar o uso de cargos e funções públicas em benefício de determinadas candidaturas e partidos.

Votação durante eleições municipais deste ano deve durar uma hora a mais, diz Barroso

Entre as condutas vedadas aos candidatos, estão a de nomear, contratar, admitir ou demitir sem justa causa servidor público municipal. Também fica proibido remover, transferir ou exonerar esses servidores do município, até a posse de quem for eleito.

Outra proibição imposta pela lei é a de fazer transferências voluntárias de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios. A exceção, neste caso, cabe somente nos casos de verbas destinadas a cumprir obrigação prévia para execução de obra ou serviço em andamento, com cronograma já fixado, e as utilizadas para atender emergência e calamidade pública.

Ainda de acordo com a legislação, publicidade institucional dos atos praticados por agentes públicos também fica suspensa, bem como programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos ou de entidades da administração indireta, salvo em situação de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral. 

Os agentes públicos também não podem fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito. A exceção é se o pronunciamento se tratar de matéria urgente, relevante e que esteja relacionada às funções de governo, já que o Brasil está enfrentando uma pandemia. 
 

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Leia mais

Impeachment de Bolsonaro é inevitável, diz Merval Pereira

O jornalista Merval Pereira, do Globo, avalia em sua coluna deste sábado que o impeachment de Jair Bolsonaro parece ser inevitável e que ele...

Detran|ES estabelece medidas para retorno dos procedimentos de Habilitação

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo...

Espírito Santo tem menor número de homicídios dos últimos 24 anos

O Espírito Santo reduziu o número de homicídios e obteve no mês de maio o menor número desde 1996. Apesar disso, houve um aumento...

GO: Recursos para compra de alimentos serão ampliados no estado

O governo de Goiás receberá R$ 1,3 milhão para reforçar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O montante se soma aos R$ 4...

Leia também

Pilotos de Nova Venécia conquistam pódios em etapa de enduro na Bahia

Pilotos da equipe veneciana Elefante Trail Club participaram da segunda etapa da Copa Sul Baiana de Enduro, realizada neste final de semana em Porto...

CONFIRMADO pagamento auxílio emergencial em dobro para este grupo

O governo Bolsonaro divulgou há algumas semanas que o...

Homem curte noite com garota de programa, discorda de valor cobrado e apanha em Vitória

Uma noite que seria de curtição, acabou virando...