Educação Positiva: A aplicação da Psicologia Positiva na rede municipal de ensino de Barra de São Francisco

Compartilhe

Com o objetivo de preparar os professores da rede municipal de ensino de Barra de São Francisco para os novos desafios que a Educação enfrenta neste período de diversas pandemias, a secretaria de Educação está ministrando formação na psicologia positiva da valorização da educação de forma holística. Na terça-feira, 11, a formação aconteceu na Escola Municipal Vicente Amaro da Silva, bairro Campo Novo, e foi ministrada pela psicóloga Kelsylene Nether.

A Educação Positiva pode ser definida, de forma ampla, como a aplicação da Psicologia Positiva a instituições de ensino. Devido a seu papel crucial na sociedade, as instituições educacionais são consideradas locais privilegiados para promover o bem-estar, tanto na comunidade escolar como na sociedade em geral. Assim, a Educação Positiva tem por objetivo não só o desempenho acadêmico, mas também o florescimento dos estudantes e demais integrantes da comunidade escolar, preparando os jovens para se tornarem indivíduos realizados e cidadãos responsáveis

As problemáticas relacionadas aos estudantes – como o insucesso escolar, dificuldades de aprendizagem, disfunções comportamentais e afetivas (bullying, depressão, ansiedade) – e as relacionadas ao estresse, burnout e insatisfação profissional dos professores são analisadas na formação, convergindo os esforços e trabalhos na busca de compreender e cultivar as forças e virtudes humanas, o bem-estar, a saúde mental e o funcionamento positivo.

O florescimento dos membros da comunidade escolar francisquense inclui os seguintes domínios: emoções positivas (alegria, gratidão), engajamento positivo (interesse, curiosidade), realização positiva (buscar e alcançar resultados significativos), propósito positivo (contribuir com a comunidade, ajudar outras pessoas) e relações positivas (habilidades sociais e emocionais). Estes domínios e demais aspectos do florescimento (como resiliência, otimismo, flow) são alcançados de forma mais efetiva se sustentados pelo desenvolvimento das forças pessoais. Indivíduos que estão florescendo (ou que têm um elevado nível de bem-estar psicológico), aprendem de forma eficaz, trabalham de maneira produtiva, têm melhores relações sociais, são mais propensos a contribuir com sua comunidade, e têm melhor saúde e expectativa de vida.

Nair Augusta de Souza Paula, diretora da Escola Municipal Vicente Amaro da Silva, disse que o bem-estar deve “ser ensinado na escola por três motivos: como um antídoto à depressão, como um meio para aumentar a satisfação com a vida, e como um auxílio a uma melhor aprendizagem e a um pensamento mais criativo. Nesse sentido, faz-se necessária uma revisão das metas educacionais, que devem passar a priorizar, além do aprendizado acadêmico tradicional, a educação social, emocional e ética, promovendo o bem-estar, as virtudes, e preparando os jovens para se tornarem indivíduos realizados e cidadãos responsáveis”.

De acordo com a secretária municipal de Educação de Barra de São Francisco, Delma do Carmo Ker e Aguiar, o sucesso educacional não mais é medido apenas pelo desempenho acadêmico dos estudantes e das instituições. Uma educação bem sucedida passa a ser assim considerada quando também promove o crescimento pessoal e o desenvolvimento positivo dos estudantes, como indivíduos e como cidadãos do mundo, abordando a existência humana de forma integral.

Em sua palestra para os profissionais do magistério da Escola Municipal Vicente Amaro da Silva, a psicóloga Kelsylene Nether indagou: “o que é importante na e para a educação? Que tipo de instituições educacionais queremos criar para os profissionais, estudantes e demais membros da comunidade? O que queremos para nossas crianças e jovens e para seu futuro? Que mudanças queremos ser e ver no mundo?” e concluiu: “Esperamos que a Psicologia Positiva casada com a Educação Positiva possa ajudar a responder a esses questionamentos, e que o resultado seja uma mudança sociocultural progressiva que, começando nas escolas e demais instituições e práticas educacionais, vá além de seus muros e espalhe seus benefícios pelo mundo, contribuindo para a construção de sociedades que gerem florescimento”.

Leia também

Ponte aérea Rio-SP é a 1ª do mundo com embarque biométrico facial para passageiros

Os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro,  da rede Infraero, são...

Servidores participam de palestra sobre Formação na Educação Infantil

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED) promoveu na última terça-feira, 9, no plenário da Câmara de Vereadores de...

Lote 1: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Coordenador do ICEPi e equipe de São Roque do Canaã visitam Projeto Avivar

O Coordenador do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi) e equipe do instituto em...

Roda de Conversa do Projeto Avivar alerta sobre alimentos ‘proibidos’ e a obesidade

A 6ª Roda de Conversa do Projeto Avivar, realizada na tarde desta quinta-feira, 11, na sede do Centro...

Foragido da Justiça é preso enquanto dormia ao lado de mochila com drogas e dinheiro no Espírito Santo

    Diego Cunha Rodrigues, preso em morro de Vila Velha, ES Um homem de 29 anos foi preso enquanto dormia...

Perdas na produção agrícola na região centro-sul impulsionam indenizações de seguro rural

As indenizações de seguro rural cresceram 352% entre janeiro e junho de 2022, em comparação com o primeiro...