É possível que adiamento das eleições favoreça quem está no cargo, diz Ministro

No debate no Senado, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, reconheceu que as mudanças em razão da pandemia da Covid-19 poderão acabar favorecendo prefeitos em busca de reeleição.

“É muito possível que as circunstâncias favoreçam quem já esteja no cargo. Mas, para isso, não há solução na farmacologia jurídica. Estamos em uma pandemia.”

Para Barroso, todos os candidatos precisarão ter “uma certa criatividade” para usar os meios disponíveis, com campanhas praticamente virtuais.

A PEC que adia as eleições, relatada pelo senador Weverton Rocha (PDT), deverá ser votada nesta terça-feira no Senado. Depois, a proposta será analisada na Câmara.

Veja mais sobre esse debate

Leia mais

Leia também