DP de São Gabriel da Palha conclui investigação de tentativa de homicídio

A Delegacia de Polícia (DP) de São Gabriel da Palha concluiu, na última quinta-feira (27), a investigação da tentativa de homicídio, que ocorreu na manhã do dia 14 de abril, no Córrego Barra Seca, na zona rural de Vila Valério. Na ocasião, dois homens efetuaram disparos contra o gerente de uma propriedade da região, atingindo-o na região do abdômen.

As apurações demonstraram que uma associação voltada ao tráfico de drogas estava se implantando em diversos imóveis da localidade. Um desses locais era uma casa dentro de uma propriedade em que a vítima seria gerente. “O grupo criou uma verdadeira ‘base’ na região e se valia do emprego de câmeras de videomonitoramento e de um drone para antecipar as ações da Polícia”, explicou o titular da DP de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman.

De acordo com as investigações, outro gerente do mesmo terreno estaria envolvido nas atividades ilícitas. “Ele foi preso temporariamente no dia 28 de abril, sendo que, durante as buscas, equipes de policiais civis e militares encontraram uma arma de fogo sem registro e uma caderneta com anotações das drogas vendidas para seus próprios funcionários”, disse o delegado.

Caliman completou: “o suspeito de 56 anos era gerente de uma propriedade rural localizada no interior de Vila Valério e, como tal, contrata mão de obra para a colheita de café. Segundo as investigações, ele trouxe indivíduos envolvidos com o comércio de entorpecentes para trabalhar na propriedade, dentre eles um dos chefes do tráfico de drogas na região”, contou o delegado.

Durante a operação, foram apreendidos um revólver taurus cal. .22, municiado com seis cartuchos intactos; 29 munições cal. .22 intactas; quatro munições cal. .380 intactas; seis buchas de maconha; onze cartuchos deflagrados de diversos calibres; um coldre de revólver e uma caderneta contendo anotações relacionadas ao tráfico.

O delegado responsável pela operação contou que três pessoas foram indiciadas no inquérito, sendo que duas estão presas e uma se encontra foragida da Justiça. “Policiais civis e militares chegaram a realizar uma operação no município de Linhares, em busca desse terceiro indivíduo. Ele não foi localizado e na casa em que estava foram arrecadados as câmeras e o drone”, contou Caliman.

Os suspeitos foram indiciados por tentativa de homicídio qualificada por motivo torpe, tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Texto: Olga Samara