Dólar vai a R$ 5,40 com temores de recessão e expectativa com ata do Fed

Compartilhe

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O dólar estendia seus ganhos contra a moeda brasileira para uma quinta sessão consecutiva nesta quarta-feira (6), negociado acima dos R$ 5,40, acompanhando movimento internacional de fuga para a segurança em meio a medo generalizado de recessão.

O foco de investidores neste pregão deve ficar sobre a divulgação, às 15h (de Brasília), da ata do último encontro de política monetária do banco central dos Estados Unidos, o Federal Reserve.

Às 9h07 (de Brasília), o dólar à vista avançava 0,31%, a R$ 5,4060 na venda.

Na B3, às 9h07 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,31%, a R$ 5,4450.

Na véspera, o mercado doméstico teve seu resultado afetado pela forte queda do petróleo. O preço de referência do barril da matéria-prima desabou 9,45%, a US$ 102,77 (R$ 554).

O tombo do petróleo Brent foi provocado pelo temor de investidores quanto à possibilidade de recessão global liderada pela desaceleração da economia dos Estados Unidos. Relatório do Citigroup apontou que o preço do barril pode cair a US$ 65 (R$ 350,30) com a crise.

Na Bolsa de Valores brasileira, as ações preferenciais da Petrobras, as mais negociadas neste pregão, caíram 3,81%. Os papéis ordinários da petroleira despencaram 4,27%.

O desempenho da estatal deu a principal contribuição negativa para a queda de 0,32% do Ibovespa, índice de referência da Bolsa, que fechou com a pontuação de 98.294.

As taxas de juros dos contratos DI (Depósitos Interbancários) de curto prazo voltaram a apontar para o alto pelo segundo dia consecutivo, após uma trégua na semana passada. Negociada entre bancos, a taxa DI sobe quando o setor espera que o Banco Central será obrigado a aumentar os juros básicos (Selic) para segurar a inflação.

Na Bolsa de Nova York, o indicador S&P 500, que chegou a cair mais de 2% durante a sessão, avançou no final do dia para fechar com ligeira alta de 0,16%.

O impulso veio do setor de tecnologia, cujo índice focado nesse segmento, o Nasdaq, ganhou 1,75%. Mas no grupo das empresas de grande valor, a sessão foi negativa, com queda de 0,42% do índice Dow Jones.

 

Leia também

“Faltou sorte, mas está em aberto”, diz Toni Galego, após empate do Real Noroeste

  O Real Noroeste iniciou a disputa pela vaga para as quartas de final do Campeonato Brasileiro Série D...

ES: adolescente espancada e com cabelo raspado: vídeo mostra criminosos torturando vítima

  Um vídeo gravado no último domingo (7), no bairro Guaranhus, em Vila Velha, na Grande Vitória mostrou o...

Campeonato Capixaba: “Feliz de voltar a ter o título de maior artilheiro em atividade do mundo”, afirma Túlio Maravilha

Aposentado há três anos, o atacante Túlio Maravilha foi apresentado oficialmente, nesta quinta-feira, como novo reforço do Sport-ES....

Lote 6: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Dia do Estudante é comemorado com intercâmbio entre escolas

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, juntate com o CMEITI Maria Caliman...

Infraestrutura: para especialistas, expectativa de investimentos para a próxima década é expressiva

O Brasil deve receber cerca de R$ 2,9 trilhões de investimentos em infraestrutura, por meio de concessões e...

Mais três cidades brasileiras entram em situação de emergência por conta de desastres

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em mais três cidades do País atingidas por desastres naturais. A...

Secretaria apresenta minuta das Diretrizes Operacionais da Educação Especial de Nova Venécia

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), com a colaboração dos técnicos...