DOIDA É VOCÊ

 

Doido é a condição de quem esta sem a razão
Você me jogou na cara que sou doido
Se razão lhe assiste de fato doido sou
Caso eu consiga escrever algo com sentido
Doida é você que não viu que lúcido estou
Na verdade de longe todos somos normais
Eu estava distante e pensavas que era capaz
Aproximei-me e viste que maluco estou
Se gostar e deixar gostar são loucura tendes a razão
Pirado sou e doida é você
Espera. Você é doida e não podes ter a razão
O que escrevo não tem sentido
Louco estou….Maluco por você…isto não é normal

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia mais

Leia também