Doação de órgãos proporciona recomeço de vida para quatro pessoas no Espírito Santo

Neste domingo (12), uma doação de órgãos que aconteceu em Cachoeiro de Itapemirim, região Sul do Espírito Santo, mudou a vida de quatro pessoas que aguardavam por um transplante. O coração e o fígado foram destinados a dois capixabas e os dois rins encaminhados a receptores em Minas Gerais.

Segundo a coordenadora da Central Estadual de Transplantes do Espírito Santo (CET-ES), Maria Machado, o último transplante de coração realizado no Estado aconteceu em 24 de fevereiro e o de fígado no dia 08 de abril.

“Desde fevereiro não tínhamos realizado um transplante de coração. Agradecemos aos familiares desse doador, por se mostraram sensíveis e solidários, possibilitando o recomeço para muitas outras famílias”, explicou Maria Machado.

Ainda segundo dados do CET-ES, de janeiro a junho de 2020, foram realizados 126 transplantes no Espírito Santo, enquanto no mesmo período do ano anterior, o Estado registrou 246 transplantes. Um dos motivos dessa queda na realização dos transplantes, segundo a coordenadora, foi o aumento da recusa familiar no período da pandemia. “A pandemia impactou a decisão familiar, porque a doação de órgãos é uma decisão delicada para essas famílias”, disse.

Recusa familiar aumenta no período da pandemia

Em comparativo com o período de janeiro a junho de 2019, o ano de 2020 registrou uma queda de 4% no número de recusa familiar. Porém, considerando somente o período de pandemia, observou-se um aumento de 10% nessas recusas, segundo dados da Central Estadual de Transplantes do Espírito Santo (CET-ES).

Segundo a coordenadora do CET-ES, Maria Machado, o Estado realiza todos os protocolos de segurança para viabilizar as doações e os transplante.

“Uma das medidas é a exigência do teste de Covid-19 para todos os processos de doação. Assim, cada paciente em morte encefálica, com doação autorizada pela família, passa por testagem para a Covid-19 antes da realização da captação dos órgãos, para garantir o procedimento com órgãos saudáveis, além disso o exame tem prioridade ao chegar no Lacen, sendo entregue em até 24 horas”, explica a coordenadora. 

 

Fila de espera no Espírito Santo

Nesta segunda-feira (13), o Espírito Santo conta com 1.336 pacientes aguardando por um órgão, sedo 1.010 para rins, 32 para fígado, 288 de córnea e 06 de coração.

 

Leia mais

Pescadores artesanais poderão solicitar auxílio emergencial

Seguro-defeso é pago durante o período de reprodução das espécies, em que o pescador não pode trabalhar ...

INDICADORES: Boi gordo tem elevação no preço nesta sexta-feira (18)

A cotação da arroba do boi gordo começou a sexta-feira (18) com queda de 0,16% e o produto é negociado a R$ 250,50 em...

Confira a quantidade de equipamentos de proteção individual que já chegaram no País

O 15º carregamento de máscaras da China chegou ao Brasil nesta quinta (4) O Brasil recebeu na manhã desta...

SAUDADE…

  Sinto saudade do que nunca tive. Lembro-me de fato esquecido. Pago por dívida não contraída. O meu peito dói sem sentido. Não me livro deste zumbido.   Eu não me...

Leia também

Fim de semana com prisões e apreensões em Guarapari

Neste fim de semana, policiais militares do 10º...

Jadilson Marvila será o vice prefeito na chapa encabeçada por Samuel Zuqui em Piúma

Após confirmar sua candidatura pelo PSDB, o ex-prefeito...

Autoescola não será obrigatória para conseguir a CNH; VEJA

A medida consta no Projeto de Lei 4474/20,...