Dívida pública federal sobe 1,26% e alcança R$ 4,1 tri em agosto

A dívida pública federal (DPF) subiu 1,56% na comparação entre julho e agosto e chegou aos R$ 4,412 trilhões. Os dados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional, nesta terça-feira (29). 

O estoque da dívida foi puxado pelo recorde de emissões no período: cerca de R$ 114 bilhões emitidos, o maior valor para o mês de agosto da série histórica do Tesouro, que começou em novembro de 2006. A dívida pública mobiliária interna cresceu 1,35% em agosto, passando para R$ 4,174 trilhões. A dívida externa, por sua vez, alcançou os R$ 238,25 bilhões.

Como a pandemia deverá influenciar na meta fiscal de 2021

Reforma tributária deve acabar com problemas do atual sistema que afetam todos os entes federados, defendem parlamentares

Agência Brasil

Leia mais

Leia também