Distanciamento social contra Covid-19 pode ser aliado também na prevenção às arboviroses

Compartilhe

Mesmo durante as medidas de restrição e de distanciamento social devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), as doenças causadas pelas arboviroses, como dengue, zika e chikungunya preocupam.

“As doenças continuam independentemente da Covid-19. Continuamos com elevado número de dengue e de Chikungunya no Estado. Podemos aproveitar o tempo em casa, devido ao distanciamento social, como um facilitador para fazer vistorias na residência, eliminando possíveis criadouros”, orientou o coordenador do Programa Estadual de Combate ao Aedes Aegypt da Secretaria da Saúde, Roberto Laperriere Júnior.

A dica é “simples”, afirma o coordenador. “É manter uma rotina de limpeza semanal nos possíveis locais de reprodução do mosquito transmissor”, disse.

E para essa atividade, a Sesa disponibiliza uma lista de cuidados dentro de casa, imprima o checklist e deixe pregado em um local visível em casa como na geladeira ou atrás da porta.  Marque a data em que realizar as tarefas como limpeza da calha, vasos de plantas, caixas d’água, entre outros. Quinze minutos por semana é suficiente para realizar os cuidados.

 

Agentes de endemias

O coordenador do Programa Estadual de Combate ao Aedes Aegypt, Roberto Laperriere Júnior, lembra também a importância do trabalho dos agentes de combate às endemias, que segue acontecendo mesmo no cenário atual.

“Divulgamos uma circular aos municípios orientando as atividades dos agentes, de forma a garantir a segurança tanto deles quanto da população. O trabalho que eles desempenham, assim como o cuidado que o cidadão deve ter dentro da própria residência são fundamentais ao combate do mosquito Aedes aegypt”, informou o coordenador.

As atividades estão mantidas e respeitando os protocolos de segurança, como o uso de equipamentos de proteção individual, mantendo visita peridomiciliar (no entorno do domicílio) e o tratamento químico.

Veja aqui o 19º boletim da dengue.

Veja aqui o 19º boletim de zika.

Veja aqui o 19º boletim chikungunya.

 

Leia também

Energia elétrica representa em média 23% do preço final da cesta básica

O custo da energia elétrica representa, em média, 23,1% do preço final da cesta básica no Brasil. A...

Vacinação prioritária

Olá, gente! Fabi Costa para mais um espisódio do podcast Onde tem SUS, tem Vacina! E o tema de hoje é...

Tabela Vacinação diária Covid-19 – 29/06/2022

Barra de São Francisco Covid-19 Números de vacinados Dia 29/06/2022 Púbico Alvo: 41.721 Meta de cobertura: 37.548 Vacinados com D1 ou DU 38.727     ...

Ex-assessor de Milton Ribeiro falta a quatro depoimentos na CGU

PAULO SALDAÑA, CÉZAR FEITOZA E CONSTANÇA REZENDE BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Um ex-assessor especial de Milton Ribeiro, amigo...

Seis cidades atingidas por desastres receberão R$ 8,3 milhões para ações de defesa civil

Seis cidades brasileiras atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 8,3 milhões para investir em ações...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem alta nesta sexta-feira (1º)

A cotação da arroba do boi gordo começou a sexta-feira (1º) com alta de 0,19% e o produto...

Edital Concurso Público Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco – ES

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco - ES, no uso de suas atribuições legais, torna público...