Diretores entregam relatórios sobre situação das escolas municipais

Na tarde da última sexta-feira (05), a Secretaria de Educação realizou a terceira reunião de trabalho com os diretores da Rede Municipal de Ensino de Nova Venécia. Na oportunidade, foram recebidas as demandas solicitadas para as escolas, a fim de recolher dados para finalização do diagnóstico e criar estratégias de adequação das unidades de ensino para o início do ano letivo de 2021.

A secretária de Educação frisou sobre a importância dos comitês locais de cada escola, a fim de colaborar com as tomadas de decisões referentes ao início do ano letivo de 2021. “Cada comitê é responsável por levantar a situação de sua escola e auxiliar na implantação dos protocolos sanitários. Estamos com muita dificuldade para esse inicio, mas estamos trabalhando firme para reorganizar toda a pasta e apoiar as escolas”, disse Wanessa Sechin.

Estiveram presentes, diretores, a equipe da Secretaria Municipal de Educação, um engenheiro que passará a compor a equipe, objetivando contribuir com a adequação das escolas municipais para que seja possível cumprir os protocolos sanitários e garantir a segurança dos alunos e profissionais da educação.

Os diretores apresentaram o levantamento situacional de cada escola, informando à equipe da secretaria sobre todos os problemas existentes.

Levantamento das Escolas Municipais

De acordo com os relatórios da situação de cada escola, as deficiências mais frequentes são: a falta de materiais didáticos, de limpeza, equipamentos, mobílias, além de materiais vencidos e unidades em condições precárias de funcionamento, sem portas, janelas, banheiros para funcionários, teto prejudicado, presença de cupins, falta de mobiliário, falta de carteiras para os alunos, problemas elétricos, além da ausência de computadores e de um sistema de gestão para auxiliar os professores no período de pandemia, tanto em escolas na sede, quanto no campo. O acesso à internet também é um grande desafio, principalmente, nas escolas da zona rural.

Em grande parte das escolas não possuem itens básicos para higienização e limpeza das áreas. Já os Centros Municipais de Educação Infantil, em sua maioria, apresentaram as dificuldades para o cumprimento do protocolo sanitário com as crianças pequenas.

Além do levantamento situacional, a equipe da Secretaria orientou os diretores sobre a reestruturação dos Conselhos de Escolas, considerando que muitos estão com seu prazo de vigência vencido. “É importante a reestruturação dos Conselhos de Escola para utilizar de forma rápida os recursos recebidos, através do programa Dinheiro Direto na Escola”, falou Wanessa.

A Secretaria vai se apropriar das informações para finalização do diagnóstico da Educação Municipal e se reunir, na próxima semana, com a Comissão de Gestão Pró Saúde e Educação (CGSENV), para elaboração de proposta de planejamento para o início do ano letivo de 2021.

Formação de profissionais da Educação

A equipe da Secretaria de Educação apresentou e discutiu com os diretores o programa de formação dos profissionais da pasta, que será no período desta terça-feira (09), até o próximo dia 16, em formato online, e de 22 a 26 de fevereiro, em formato presencial.

Fonte: Redação / redenoticiaes

Leia mais

Leia também