Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado neste 5 de junho

Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado neste 5 de junho

– Foto:
Banco de imagens

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta sexta-feira (5), o ministro Ricardo Salles falou sobre algumas conquistas do setor, como o lançamento do Programa Floresta+, investimentos do Programa Lixão Zero, assinatura de acordo de cooperação para recuperação energética do lixo e avanços na logística reversa de embalagens e de medicamentos, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O sistema  logística reversa de medicamentos estabelece que  as drogarias e farmácias deverão ter nos estabelecimentos recipientes de coleta e armazenamento para que os consumidores descartem os medicamentos que não usam mais ou estão vencidos. Os distribuidores ficarão responsáveis por recolher e transportar os produtos descartados até os locais de tratamento final que sejam ambientalmente adequados. 

“Os medicamentos, a logística reversa, são uma conquista do setor que vem se debruçando sobre o tema há dez anos. Com o pragmatismo, a objetividade e o comprometimento da equipe da Secretaria de Qualidade Ambiental, seguindo sua orientação [do presidente Bolsonaro] para que a gente tome medidas concretas em atendimento ao meio ambiente, a preservação da fauna, da flora, mas também em respeito, em cuidado com as pessoas”, afirmou Salles. 

A atuação do Governo Federal também busca dar autonomia econômica para os brasileiros que vivem em todos os biomas do Brasil com o avanço da bioeconomia, o incentivo ao ecoturismo e ao artesanato sustentável, e o pagamento por serviços ambientais.

Matriz elétrica  

Em apenas um ano, o uso da energia solar aumentou 40%. Em dez anos, de acordo com planejamentos do Ministério de Minas e Energia, a fonte deve passar de 2% para 8% na matriz elétrica. A eólica também pode subir de 9% para 16%. 

Além disso, o Ministério de Minas e Energia tem um programa chamado RenovaBio, que visa promover a adequada expansão da produção e do uso de biocombustíveis na matriz energética nacional e reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa. 

 

Leia mais

Primeiro repasse do FPM de agosto a municípios é 25% menor do que no ano passado

Municípios recebem nesta segunda-feira (10/08) o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de agosto. O valor total será de R$ 3,6...

Espírito Santo chega a 71.606 curados e 2.627 mortes em 86.209 casos de Covid-19

O Espírito Santo registrou, até esta terça-feira (4), 2.627 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 86.209. O índice de letalidade...

Orçamento de Guerra contra Covid-19 poderá contar com 224 milhões, segundo IPEA

A pandemia causada pela Covid-19 resultou em uma situação sem precedentes na história mundial recente e gerou, além das incontáveis mortes decorrentes da doença,...

Leia também

Governo anuncia simplificação do eSocial e modernização de normas do trabalho

Segundo o Ministério da Economia, o texto atual estava em vigor desde 2005 e dificultava e inviabilizava a adoção de soluções trabalhistas no setor...

“Perdemos um terço da estrutura produtiva. Nossa retomada vai depender do aumento do consumo no Brasil”, diz coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados

A crise causada pela pandemia da Covid-19 teve impacto significativo no mercado calçadista brasileiro. O Brasil é o quarto maior produtor mundial de calçados,...

Novo regulamento para o setor de radiodifusão passa a valer a partir de 3 de novembro

O setor de radiodifusão vai passar por uma série de mudanças em sua regulamentação. A principal delas é o novo Regulamento sobre Canalização e...

Mobilização pelo Emprego e Produtividade promete facilitar a vida de empreendedores

Com a pandemia, não foi só a saúde que enfrentou dificuldades. Até final de julho deste ano, mais de 13 milhões de brasileiros ficaram...