Depois do cessar-fogo, Hamas se considera vencedor em guerra com Israel


O Hamas reivindica a vitória na guerra com Israel, afirmou nesta sexta-feira (21)(quinta-feira, 20, no Brasil) um integrante do alto escalão do movimento diante de milhares de pessoas reunidas em manifestações de comemoração na cidade de Gaza, após entrar em vigor um cessar-fogo com o governo israelense.  

“É a euforia da vitória”, disse Jalil al Haya, número dois do gabinete político do Hamas na Faixa de Gaza, durante um discurso para manifestantes alvoroçados. Ele também prometeu “reconstruir” as casas destruídas pelos bombardeios israelenses, informa o UOL.

Graças à mediação do Egito, o governo de Israel e o Hamas aprovaram na noite de quinta-feira um acordo de cessar-fogo. 

Os confrontos mataram pelo menos 232 pessoas do lado palestino, incluindo 65 crianças e muitos combatentes do Hamas e da Jihad Islâmica, e 12 em Israel, incluindo um menino de seis anos, uma menina de 16 e um soldado.

(Foto: REUTERS/Mohammed Salem)

Leia mais

Leia também