Deic de Nova Venécia recupera objetos furtados por servidor municipal

Um suspeito de 50 anos é investigado pela Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Nova Venécia, por furtar objetos da Prefeitura Municipal. Nessa terça-feira (12), foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa do servidor, no bairro Margareth, em Nova Venécia.  O material furtado foi recuperado e apreendido.

Segundo o titular da Deic de Nova Venécia, delegado Eduardo Pimenta Mota, o servidor confessou os furtos. “Em depoimento, ele confessou os furtos e alegou que os objetos eram para uso próprio. Acreditamos que esse servidor estaria revendendo os objetos furtados há algum tempo, mas isso, ainda, é objeto de investigação na nossa delegacia”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, o servidor exercia o cargo de chefe dos vigias da Prefeitura Municipal e entre os objetos recuperados está uma caixa de som, avaliada em R$ 4 mil reais.

“Na residência dele foram apreendidos dois computadores completos, sendo que um deles tinha webcam e caixas de som, um notebook amarelo, dois retroprojetores, um conjunto de mesas infantis com quatro cadeiras, duas mesas, duas cadeiras, um violão e uma caixa de som, avaliada em R$ 4 mil”, explicou o delegado-chefe da Deic.

Como não havia situação flagrancial, o suspeito responde, inicialmente, em liberdade. O suspeito poderá ser indiciado por peculato furto, descrito no artigo 312 do Código Penal, que prevê pena de prisão de dois a 12 anos.

As investigações continuam. “Destacamos a importância da denúncia anônima. Caso tenham informações, a pessoa pode denunciar pelo Disque-Denúncia 181 ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br. Todas as informações fornecidas serão apuradas”, garantiu o delegado.

Texto: Olga Samara

Leia mais

Leia também