Defesas aéreas da Síria repelem ‘agressão israelense’ em Damasco (vídeo)


Sputnik – A agência de notícias síria SANA afirma que os mísseis chegaram a Damasco a partir do espaço aéreo libanês, uma típica via de ataque para aeronaves israelenses. A mídia afirma ainda que quatro soldados  sírios ficaram feridos.

“Os ataques aéreos também ocorreram no sul da província de Homs e na zona de fronteira entre Homs e Tartus”, disse à agência AFP o chefe do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, Rami Abdul Rahman.

Não houve nenhum comentário imediato por parte dos militares israelenses. Se confirmado, este seria o primeiro ataque com mísseis em cerca de um mês. Em 5 maio, Israel realizou ataques na província síria de de Latakia, perto de uma base aérea russa.

Conflito Síria-Israel

Fontes de inteligência ocidentais afirmam que os ataques de Israel contra a Síria desde o ano passado são parte de uma “guerra secreta” aprovada pelos EUA, reporta a agência Reuters. Os ataques também seriam parte de uma política contra o Irã.

Defesas aéreas sírias ativas nas proximidades de Damasco esta noite após relatos de ataques aéreos israelenses na área.

Em abril, o ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, disse que o ex-secretário de Estado dos EUA, John Kerry, havia dito que Israel havia realizado mais de 200 ataques aéreos dentro da Síria contra alvos iranianos. 

As fontes de inteligência ouvidas pela mídia afirmaram que Israel expandiu no ano passado seus alvos em toda a Síria, onde milhares de milícias apoiadas pelo Irã estiveram envolvidas na recuperação de grande parte do território perdido pelo presidente sírio Bashar al-Assad para os insurgentes.