Defesa realiza descontaminação de áreas públicas e ações de conscientização

Defesa realiza descontaminação de áreas públicas e ações de conscientização

São mais de 29 mil militares envolvidos na operação.
– Foto:
Ministério da Defesa

São mais de 29 mil militares, mil viaturas, 102 embarcações e 34 aeronaves envolvidos na Operação Covid-19, que emprega esforços por todo o Brasil no combate ao novo coronavírus. Nesse domingo (3), uma aeronave C-130 Hércules decolou de Manaus rumo a Tabatinga, município situado no interior do Amazonas. A aeronave transportou 200 cilindros de oxigênio, abastecidos em Manaus, num total de 16 mil quilos de carga. A ação teve como destino o Hospital de Guarnição de Tabatinga, que atende o Sistema Único de Saúde (SUS). Também dentro da Operação Covid-19, um avião C-98 Caravan da FAB transportou duas mil máscaras tipo Face Shield, confeccionadas pela empresa Taurus, de Canoas (RS) para o Rio de Janeiro.

Na Região Norte, militares realizaram a higienização e a limpeza de vias e áreas de convivência na Orla da cidade de Marabá (PA), onde desabrigados foram acomodados pelos órgãos municipais. Em Itaituba (PA), foi feita panfletagem no centro comercial da cidade, com informações acerca da prevenção ao coronavírus, e militares higienizaram a Secretaria Municipal de Saúde.

Na Região Centro Oeste, o Comando Conjunto Oeste transportou insumos para hospitais de Mato Grosso. Em Guia Lopes da Laguna (MS), seguindo as diretrizes do Comando Conjunto Oeste, foram desinfectados postos de saúde da cidade. Em Amambai (MS), foi descontaminada a praça da Vila Limeira. Em Brasília (DF), funcionários da manutenção e bombeiros civis da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foram capacitados sobre descontaminação.

Na Região Sul, em Rio Grande (RS), militares da Marinha participaram de ação, em conjunto com a Secretaria de Educação, da distribuição de mais de 1,8 mil cestas básicas em dez escolas estaduais do município.

Operação Covid-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à Covid-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (Comae), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do Governo Federal no enfrentamento à pandemia que recebeu o nome de Operação Covid-19.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento. 


Leia mais

Leia também