Defesa investe em ações de cuidado da saúde mental de civis e militares

Apoio psicológico

– Foto:
Banco de imagens

O Governo Federal está empenhado em ações de enfrentamento do novo coronavírus, mas também em relação à saúde mental das pessoas. Neste sentido, equipes especializadas em psicologia das Forças Armadas estão preparadas para enfrentar possíveis problemas psicológicos causados pelo panorama atual. Diversas ações visam cuidar e auxiliar pessoas que passam por eventos potencialmente traumáticos, entre militares, civis e, principalmente, aqueles que atuam efetivamente contra a Covid-19.

A psicóloga e chefe do setor de Psicologia do Hospital Militar de Área de Brasília (HMAB), tenente-coronel Ana Cláudia Lopes, orienta as pessoas a tentarem manter uma postura positiva com a vida e entender a situação atual como oportunidade de crescimento pessoal. Ela recomenda cuidado com os relacionamentos sociais, realizando tarefas com familiares, assim como criar outras formas de encontrar os amigos e conversar, meditar. 

“Essas atitudes podem contribuir para o enfrentamento saudável da situação. Recomendo também que deem atenção às próprias necessidades e sentimentos, compreendam que estar ansioso ou preocupado é algo perfeitamente natural, mas se perceberem que não estão conseguindo lidar com o que está acontecendo, peçam ajuda”, finalizou.

Aos que precisarem de ajuda, o Exército Brasileiro está divulgando o Centro de Valorização da Vida, que atende pelo número 188, onde é possível  conversar com um voluntário do CVV, 24 horas todos os dias de forma gratuita.

Além disso, o Exército publicou em sua página o guia sobre “Como proteger a sua Saúde Mental“. O material trata de temas como os cuidados ao lidar com o excesso de notícias e uso de redes sociais, além de destacar a importância da solidariedade, empatia e valorização dos profissionais de saúde. 

O portal Saúde Naval, da Marinha do Brasil, reúne conteúdos com informações importantes sobre os meios para enfrentar a ameaça da Covid-19 – incluindo dicas para cuidar da saúde mental. Por meio de textos, vídeos e podcast, o portal orienta sobre os cuidados necessários durante períodos de maior instabilidade. “Em cenários inseguros, como o que vivemos com o novo coronavírus, cuidar da saúde mental é fundamental. Medo, estresse e ansiedade podem surgir, e você deve estar preparado emocionalmente para lidar com essas sensações”, aconselha a tenente Raquel Penteado, psicóloga do Hospital Naval Marcílio Dias.

A Rádio Força Aérea tem tratado em seu podcast FABcast, na plataforma Spotify, sobre temas relacionados ao tratamento de problemas psicológicos no período de pandemia e distanciamento social, voltados para o público geral e para profissionais atuando ativamente contra o novo coronavírus. 

Apoio aos militares

As Forças Armadas do Brasil contam com ações de apoio psicológico aos militares que estão na linha de frente contra o novo coronavírus. 

O setor de psicologia do Hospital Militar de Área de Brasília (HMAB) está estruturando serviço de apoio psicológico aos militares da Operação Covid-19, considerando os três universos envolvidos: os militares de saúde que trabalham na linha de frente, os pacientes internados e os familiares. “Aos profissionais de saúde, as ações são pensadas de forma que possibilite o desenvolvimento da capacidade de resiliência perante as situações vividas”, salientou a tenente-coronel Cláudia Lopes. Para os demais, os psicólogos estão à disposição para trabalhar na escuta ativa dos problemas que enfrentam.

Atualmente, o HMAB desenvolve um processo para apoio psicológico seguro aos casos emergenciais e de risco, que envolvam os pacientes que possam vir a se internar, seus familiares e profissionais de saúde. Esse atendimento é feito online, por videoconferência. Nos demais casos, o atendimento presencial segue as normas do Conselho, prevendo distanciamento e ambiente arejado.

No âmbito da Força Aérea Brasileira (FAB), o Instituto de Psicologia da Aeronáutica (IPA) lançou canal de comunicação por telefone dedicado, exclusivamente, à escuta, acolhimento e suporte psicológico para os profissionais de saúde da Aeronáutica que estão na linha de frente do combate à Covid-19. A ação tem como propósito aumentar a resiliência e auxiliar na busca por estratégias funcionais de enfrentamento ao estresse causado por eventos potencialmente traumáticos. O serviço é oferecido por uma equipe de psicólogos voluntários em regime de plantão de sobreaviso 24 horas e em teletrabalho.

Fonte: Ministério da Defesa


Leia mais

Leia também