Defesa Civil Nacional repassará mais de R$ 2,5 milhões a cidades de quatro estados atingidas por desastres naturais

A Defesa Civil Nacional vai repassar mais de R$ 2,5 milhões a quatro cidades do País atingidas por desastres naturais. 

No Amazonas, o município de Nhamundá terá mais de um R$ 1,5 milhão para a compra de cestas básicas, material de limpeza e dormitório e aluguel de embarcações. 

Já no Pará, a cidade de Monte Alegre vai receber mais de R$ 840 mil para a aquisição de comida, material de limpeza e dormitório e água potável. Os dois municípios do Norte foram atingidos por inundações.

Em Santa Catarina, São Lourenço do Oeste terá acesso a mais de R$ 240 mil para a compra de combustível e aluguel de caminhão-pipa em resposta à estiagem. 

E em Minas Gerais, Santa Cruz do Escalvado vai receber R$ 58 mil para a reconstrução de uma contenção em gabião danificada por chuvas intensas.

Estados e municípios de todo o Brasil podem solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, para resposta aos desastres naturais e reconstrução de infraestrutura pública danificada.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como pode ser utilizado o repasse.

TEC/SONORA: Alexandre Lucas  

“Os recursos da defesa civil nacional podem ser empregados de três formas: socorro da população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas pelo desastre”

LOC: Além das ações de resposta, o MDR reconheceu nesta terça-feira, 6 de julho, a situação de emergência em nove cidades de Roraima por conta de chuvas intensas. 

Para saber mais sobre as ações de defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br

Reportagem, Hermano Freitas

Foto: Governo de Santa CatarinaFoto: Governo de Santa Catarina


Leia mais

Leia também