Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 170 cidades do Nordeste • SiteBarra

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 170 cidades do Nordeste

O Governo Federal reconheceu nesta quarta-feira (24), a situação de emergência em 170 cidades da Região Nordeste, a maior parte por conta da estiagem, que é uma ausência de chuvas menos prolongada do que a seca. 150 estão na Paraíba. Confira a lista completa em mdr.gov.br. 

Outras oito estão na Bahia. São elas: Adustina, Barro Alto, Feira de Santana, Ipupiara, Mansidão, Ruy Barbosa e Rio do Antônio, que passam por estiagem, e Maragogipe, que registrou chuvas intensas.
No Rio Grande do Norte, as cidades de Senador Elói de Souza, Guamaré, São Francisco do Oeste, Riacho da Cruz e Serrinha dos Pintos enfrentam a falta de chuvas.

Já no Ceará, quatro municípios também entraram em situação de emergência devido à falta de chuvas. Estão nessa situação Tabuleiro do Norte, Tauá, Iracema e Orós.

Outras cidades nordestinas que obtiveram o reconhecimento federal nesta quarta-feira são Canindé de São Francisco e Carira, em Sergipe, e Timbaúba, em Pernambuco.

Com o reconhecimento federal da situação de emergência, os gestores desses municípios podem pedir auxílio financeiro ao Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR. O coronel Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como os recursos podem ser utilizados.

“Os recursos da Defesa Civil Nacional podem ser empregados de três formas: socorro da população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas pelo desastre.”

As solicitações de reconhecimento de situação de emergência e de repasse de recursos devem ser feitas pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2iD. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Seca. Seca.