Defesa Civil de Vila Velha interdita prédio com três pavimentos por causa das chuvas

Uma casa com três pavimentos foi interditada pelas equipes da Defesa Civil na manhã desta segunda-feira (2) no bairro de Vila Garrido. A laje do último pavimento, ainda em construção, desabou. Como há risco, a Defesa Civil notificou quatro moradores dos outros dois pavimentos a deixarem o local. Até o meio dia desta segunda-feira (02), 26 pessoas estão desalojadas no município.

O Plano Municipal de Defesa Civil está no nível de atenção por causa das chuvas que chegaram a quase 200 milímetros nas últimas 24 horas somente na Região da Grande Terra Vermelha, quase 50 milímetros a mais do que a média de chuvas para todo o mês de março.

Técnicos da Defesa Civil também avaliam o risco estrutural de uma residência, em Zumbi dos Palmares, e de uma árvore que ameaça cair em Vila Batista. Equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Assistência Social também trabalham em conjunto para avaliar a necessidade de abrigamento de 20 famílias que estariam impossibilitadas de sair de casa no bairro de Ulisses Guimarães.

Até agora, o município registra 26 pessoas desalojadas dos bairros de Cobilândia, Vila Garrido e Ulisses Guimarães. Mas esse número ainda pode aumentar, já que as equipes ainda estão nas ruas para orientações e atendimento a diversos chamados.

Ainda há previsão de acumulados de chuvas para o município conforme aviso do Instituto Nacional de Metereologia (INMET), que começou a vigorar nesta segunda-feira (1) e vai até as 10 horas desta terça-feira (2). De acordo com o Instituto Climatempo a previsão é de um volume de 50 milímetros de chuvas ao longo desta segunda-feira (1).

Leia mais

Leia também