DE QUE ADIANTA TER O GPS

É raro, mas acontece.

É raro, mas acontece.

 

Na ultima viagem que fiz aos EUA o meu objetivo era a realização de uma excursão por algumas cidades, na companhia agradável de meu tio que reside na Saratoga, St, East Boston. Também o meu fiel escudeiro faria as vezes de tradutor e personal guia.

 

Chegado o dia aprazado o meu personal guia foi agraciado com uma brilhante idéia: O tour vai começar às 9:00 horas e como ainda são 7:00 eu vou levar as malas até o hotel de onde a excursão vai sair. Depois, quando faltar apenas uns quinze minutos a sua tia nos leva e traz o carro para guardar.

 

O meu tio faz delivery em Boston há quinze anos e gosta de se vangloriar de que conhece a capital de Massachusetts na palma das mãos. Logo de saída ele lançou mão de um GPS, algo que eu julgava desnecessário para quem conhece a cidade de cabo a rabo. Tem aquele ditado de que quem tem boca vai a Roma, mas com o surgimento da dita engenhoca nem de boca se precisa mais.

 

O Jarbas em terra estranha digitou o destino naquela caixinha preta e uma voz feminina começou a falar em inglês, cuja tradução creio eu que era: vire a esquerda, vire a direita, retorne logo a frente, etc. etc. e tal. O titio chegou no centro da Boston City e se colocou a rodar igual barata tonta e nada de encontrar o famoso hotel. Pedi a ele que parasse e perguntasse a alguém, pois deveria ser um endereço de conhecimento popular. O irmão de papai não me deu atenção e travava um discussão com a moça do GPS: – Vire a esquerda. – Não pode ser, pois assim nós vamos parar no caixa-prego. O bichinho refez a rota e a moça falou: retorne ali na frente. – Que titica de galinha, agora você quer que eu passe pelo turvo (*)?

 

Eu perdi a paciência, pois o cedo já estava ficando tarde, e ordenei: Tio! Toca o possante para casa que eu pago o taxi. O desgosto era evidente, porém, o homem se resignou e voltou para casa com o GPS desligado. A mulher de titio não entendeu nada, mas na rua mesmo eu transferi as malas para o taxi. O meu personal guia falou o nome do hotel para o taxista e ele mansamente não gastou dez minutos para nos deixar no local onde titio havia rodeado diversas vezes com o seu GLS gritando, entretanto, fazendo o sentido invertido. Ao sair do taxi eu fui obrigado a desabafar: viu! Se tivesse me escutado e perguntado aquele mendigo ali nós já estaríamos aqui e com tempo para tomar café.

 

Regressei para o Brasil com as seguintes duvidas: a) Será que titio conhece Boston mesmo? b) Será que titio estava entendendo o inglês daquela mulher do GPS? c) Por que titio não pediu informações? Uma certeza: a maquina não pode substituir o homem completamente.

 

(*) estrada de chão entre Mantenópolis-ES (nossa terra) e Mantena-MG.

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia mais

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 08/05/2020

O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou mais uma reunião da Sala de Situação de Emergência...

Ministro Marcos Pontes participa de grupo internacional contra o Covid-19

Testes com tratamentos sorológicos e outras possibilidades terapêuticas foram os principais temas da agenda –...

Censo da educação superior mostra aumento de matrículas no ensino a distância

Dados fazem parte do Censo da Educação Superior 2019, realizado pelo Inep. Foto: Agência Brasil A cada quatro estudantes de graduação no Brasil, três frequentam...

Operação Covid-19 transportou 16 mil toneladas em material de saúde em três meses

Militares durante entrega de cestas em Afuá, na Ilha do Marajó – Foto: ...

Leia também

Academia de Goleiros Capixaba Camisa 12 forma novos talentos para o futebol

Além de formar novos talentos, a Academia também dá suporte àqueles que já estão em grandes clubes quando estão em Nova Venécia, como Vinícius...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Centro-Oeste do País tem tempo nublado e quente nesta quinta-feira (03)

Nesta quinta-feira (03), a Região Centro-Oeste ainda deve receber temporais em algumas localidades por causa de um corredor de umidade da formação de áreas...