Custos da construção civil têm a maior alta desde julho de 2013

O Índice Nacional da Construção Civil subiu 1,82% em novembro e teve a maior variação desde a desoneração da folha, em julho de 2013. O percentual divulgado pelo IBGE é 0,11% acima do registrado em outubro.

MG: Fábrica instalada no estado transforma rejeitos da mineração em produtos para a construção civil

MDR lança cartilhas com práticas para melhorar atividades do setor da construção civil

O resultado do mês tem relação com a parcela dos materiais, que registrou alta de 3,15%. Segundo o IBGE, o segmento de aço foi o que apresentou, em todas as regiões, a maior alta. Também houve aumento no preço da areia, da pedra, de tijolos e telhas cerâmicas. 

Entre as regiões do país, o Sul, com alta nos valores de materiais em todos os estados e reajuste na parcela dos profissionais no Rio Grande do Sul, ficou com a maior variação regional no mês passado: 2,23%. A menor mudança foi observada no Sudeste: 1,59%. O Norte teve variação de 1,90%, o Nordeste de 1,93% e o Centro-Oeste, 1,79%. 

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Leia mais

Leia também