Cuidados com a medicação em tempos de Covid-19

A Secretaria da Saúde e a Gerência Estadual de Assistência Farmacêutica (GEAF) reforçam à população capixaba a  importância dos cuidados em relação ao perigo da automedicação, em especial no cenário atual de emergência sanitária do novo Coronavírus (Covid-19). 

De acordo com a gerente da GEAF, Gabrieli Freitas, com a crescente dos casos de Covid-19, tem ocorrido uma tendência à busca desenfreada por tratamentos e/ou medidas preventivas, agravado pela excessiva veiculação de fake news, podendo levar ao uso abusivo e irracional de medicamentos. 

“Enquanto farmacêuticos, temos percebido nesses últimos tempos, em especial nos trabalhos com os pacientes nas Farmácias Cidadãs, o número de informações incorretas que têm sido transmitidas pelas redes sociais quanto ao uso de medicações para o novo Coronavírus. É importante que a população entenda que existem graves riscos à saúde causados pelo uso indiscriminado e pela automedicação”, explicou a gerente de Assistência Farmacêutica.

Na última terça-feira (05) comemorou-se o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos. Para Gabrieli Freitas, é importante que todo cidadão, ao ter dúvidas, busque orientações com os profissionais capacitados, evitando assim quaisquer problemas à saúde. 

Aqueles que tenham quaisquer dúvidas sobre medicamentos e buscam por informações e orientações podem fazê-lo por meio do canal “Fale Conosco”, da Farmácia Cidadã, clicando aqui

“Buscamos dar orientações durante o atendimento do farmacêutico nas nossas doze unidades, mas também temos profissionais capacitados para responder perguntas de toda a população via canal Fale Conosco, no nosso portal”, informou Gabrieli.

 

Recomendações à população quanto a medicação

– Utilize medicamentos somente com instrução de profissionais de saúde capacitados;

– Não faça a automedicação e nunca use medicamentos baseado em informações de fontes não confiáveis;

– Não interrompa o tratamento prescrito pela equipe médica, principalmente nos casos de doenças crônicas. É importante saber que o alívio da dor ou desaparecimento dos sintomas desconfortáveis não necessariamente significa a cura da doença;

– Não compre medicamentos em quantidades superiores ao necessário;

– Siga corretamente as instruções de armazenamento e se atente ao prazo de validade;

– Familiares e cuidadores podem e devem ter papel ativo na prevenção dos erros de administração apoiando o uso correto da medicação.

Leia mais

Decreto proíbe circulação de pessoas do grupo de risco para o coronavírus em Guarapari, ES

Um decreto municipal publicado pela prefeitura de Guarapari...

Sem licitação: em meio a pandemia do Coronavírus, governador do ES assina contrato de R$ 1 milhão com empresa de publicidade

Em meio a pandemia do COVID-19, em que vários governantes têm demonstrado apreensão com a possível falta de leitos e equipamentos para atender a...

Municípios começam a receber EPIs e materiais de higienização

O Governo do Estado, por meio da Secretaria...

Faça de casa: Detran|ES oferece mais de 40 serviços digitais para os capixabas

Pensando na segurança, agilidade e, principalmente, para seguir atendendo aos capixabas sem a necessidade de sair de casa...

Leia também

Assessoria de Casagrande diz que responsável por postar vídeo de festa já foi identificado

Video, que, segundo o governo, é de 2017, foi publicado nas redes sociais como se fosse atual. No Twitter, Casagrande disse que responsáveis serão...

Espírito Santo chega a 1.803 mortes e 53.393 casos confirmados de Covid-19

Na comparação com os dados divulgados neste sábado (4), o aumento é de 22 mortes e 569 novos casos da doença. Até o momento,...

Meteorologistas alertam para risco de novo ciclone no Sul

Há possibilidade de um novo ciclone no sul...

Homem com mandado de prisão em aberto é preso em Ecoporanga

Na última sexta-feira (03.07), os militares de Ecoporanga receberam a informação de que um cidadão estaria com mandado de prisão em aberto e que...