CUIDADO COM O MELHOR AMIGO

 

Cuidado com o melhor amigo. De onde não se espera é que pode sair o traidor. Na verdade é mais fácil o seu melhor amigo mexer com a sua mulher do que o seu pior inimigo, pois o ultimo tende a se manter distante.

 

Um casal vivia juntando e se separando por que as brigas eram frequentes. Chega a um ponto que a mulher não aguenta e coloca o homem para fora de casa. O cabra apaixonado não se conforma e fica insistindo para voltar para o mesmo teto. Recebe um monte de não e continua suplicando a reconciliação.

 

Tem hora que é preciso tomar prumo. Depois de uma dezena de apartamento a mulher decide que não haverá retorno e parte para outra. O marido inconformado não desiste e continua a andar atrás da ex-companheira.

 

Um triste dia ele resolve agredir a mulher e acaba sendo preso, sendo lhe imposto os rigores da lei Maria da Penha. Na audiência o acusado me conta que como não podia entrar na casa que foi sua, mas não conseguia ficar longe, passou a estacionar o seu fusca do outro lado da rua e dormir dentro do carro. No seu momento de insônia ele viu a mulher abrindo a porta da sala e eis que ali adentra o seu melhor amigo. Puxa! Logo o meu melhor amigo! Aí já é demais, ele perde a compostura e parte para a violência contra a mulher.

 

Nada fez contra o homem que havia tomado o seu lugar, pois, ademais, ele era seu melhor amigo.

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia mais

Leia também