Cuba defende ordem global justa e equitativa, afirma chanceler


O chanceler de Cuba Bruno Rodríguez disse neste sábado (20) que o país continuará trabalhando por uma ordem internacional democrática, justa e equitativa. 

Por meio de sua conta no Twitter, enfatizou que a ilha vai insistir neste caminho para responder “à demanda dos povos por paz, desenvolvimento sustentável e justiça”, informa a Prensa Latina.

Em 26 de novembro de 2007, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou que, a partir de sua 63ª sessão, no dia 20 de fevereiro de cada ano será celebrado o Dia Mundial da Justiça Social.

De acordo com o site oficial das Nações Unidas, a celebração promove os esforços da comunidade internacional para alcançar o desenvolvimento sustentável, erradicar a pobreza, promover o pleno emprego e trabalho decente, proteção social universal, igualdade de gênero e acesso ao bem-estar social e à justiça para todos.

Dada a atual situação epidemiológica e o avanço das tecnologias de informação e comunicação, a ONU decidiu que o tema para 2021 para comemorar a data era “um apelo à justiça social na economia digital’.

Chanceler cubano Bruno Rodríguez

Chanceler cubano Bruno Rodríguez (Foto: Prensa Latina)

Leia mais

Leia também