Cuba debaterá em congresso questões decisivas para seu desenvolvimento


Segundo o jornal Granma anunciou neste sábado (13), o Congresso do Partido Comunista Cubano será um espaço de análise, com o objetivo de aprofundar a construção do socialismo cubano nas condições atuais e futuras, e garantir o desenvolvimento da economia nacional, aliado à luta pela paz, unidade e firmeza ideológica.

O congresso ocorrerá em meio a um cenário complexo, caracterizado pela intensificação do bloqueio dos Estados Unidos, o aumento do apoio externo à subversão político-ideológica e uma crise econômica que atinge todos os países, agora agravada pela situação epidemiológica derivada da covid-19.

Precisamente, destaca o jornal, durante o combate à pandemia foi reforçada a ligação direta entre os dirigentes e o povo, que tem reconhecido a dedicação, responsabilidade e capacidade dos quadros dirigentes para enfrentar situações complexas.

O enfrentamento da pandemia é o exemplo mais preciso de que só o socialismo é capaz de converter solidariedade e humanismo em práticas cotidianas, principalmente no que diz respeito a salvar vidas, diz o texto.

No encontro, será dada atenção prioritária a questões econômicas, como as de exportação, substituição de importações, produção de alimentos, cadeias produtivas, investimentos, ordem monetária, economia de recursos.

O Congresso também delineará projeções para fortalecer o vínculo permanente com os trabalhadores do setor não estatal, e promover o debate, o intercâmbio e o encaminhamento apropriado de suas preocupações.

Outro ponto crucial a ser analisado será a crescente participação dos cidadãos nas questões que determinam o presente e o futuro de Cuba, como premissa imprescindível para a preservação e fortalecimento da unidade nacional.

O desenvolvimento desse encontro terá uma importância estratégica para o destino do país, a garantia da continuidade do processo revolucionário e a irreversibilidade do socialismo em Cuba, diz o editorial.

Com informações da Prensa Latina

Bandeiras de Cuba

Bandeiras de Cuba (Foto: Granma)

Leia mais

Leia também