Cuba acusa ‘mercenários’ pagos pelos EUA de causarem protestos


Sputnik – O Ministério das Relações Exteriores de Cuba acusou ‘mercenários’ pagos pelos EUA de causarem protestos no último domingo (11). O ministério também declarou que se o governo Biden quiser ajudar Havana deve levantar as sanções impostas pelos EUA.

Cuba está sob sanções dos Estados Unidos desde 1962.

A Casa Branca respondeu afirmando que os protestos na ilha são espontâneos e estimulados pela dura realidade cubana, e não promovidos por outro país. 

Milhares de cubanos saíram às ruas no domingo para protestar contra a falta de alimentos e remédios enquanto o país passa por uma grave crise econômica agravada pela pandemia de COVID-19 e pelas sanções dos Estados Unidos.

Os manifestantes reclamaram da falta de liberdade e da piora da situação econômica. Muitos gritaram por “liberdade” e conclamaram o presidente Miguel Díaz-Canel a renunciar.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

(Foto: Reuters/Stringer)

Leia mais

Leia também