Cresce número de empreendimentos com selo Turismo Responsável no Espírito Santo

No Espírito Santo, mais de 600 empreendimentos que compõem a cadeia produtiva do turismo aderiram ao selo Turismo Responsável. A expectativa é de que até o final do mês de junho, quando encerra o desafio proposto pela Secretaria de Turismo (Setur), esse número cresça ainda mais. A adesão mostra o empenho dos municípios capixabas em tornar o Espírito Santo um destino seguro.

Entre os empreendimentos que já aderiram ao selo Turismo Responsável, o destaque vai para os meios de hospedagem, agências de viagem e transportadoras. Ao todo, são 15 atividades consideradas pelo Ministério do Turismo como atividades específicas do setor.

Para cada uma delas, há uma série de regras a serem cumpridas pelos estabelecimentos. Um exemplo são as transportadoras turísticas. Além de ser necessária a limpeza constante das superfícies, uso de tapetes específicos para higienização dos calçados, também há regras como o agendamento dos clientes e o distanciamento dentro dos veículos, bem como orientações de comportamento dos motoristas e a disponibilização de kits de higiene aos clientes.

“A adesão ao selo é um compromisso dos empreendedores na adoção de todas as medidas estabelecidas de prevenção à Covid, que garantam ao cliente e aos funcionários maior segurança”, explica a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro. 

A secretária destaca o empenho dos municípios em orientar os empreendedores a conhecerem, treinarem as equipes e fazerem a adesão ao selo, contribuindo para que o Espírito Santo seja uma opção segura para os turistas. “Estamos muito contentes com a parceria das secretarias municipais em realizar o trabalho de conscientização e orientação junto aos estabelecimentos, aumentando a cada dia o número de adesões no nosso Estado”, acrescentou.

A adesão ao selo Turismo Responsável pode ser feita pela internet. Gratuito, o selo tem como pré-requisito estar regularizado no Cadastur. Feita a adesão, o estabelecimento tem acesso à arte do selo, que deve estar posicionada em local de fácil acesso, sinalizando ao turista que o local segue as normas de prevenção à Covid.


Protocolos sanitários

No site www.gov.br, o empreendedor tem acesso a todas as normas sanitárias elaboradas para as 15 atividades e pode fazer a adesão ao selo preenchendo os dados solicitados. Basta digitar no campo de preenchimento na página principal “Selo Turismo Responsável” e conferir as informações necessárias.