CPI da Pandemia: secretária do MS será a próxima testemunha

A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, será a próxima testemunha a ser ouvida pela CPI da Pandemia no Senado. O depoimento está marcado para terça-feira (25), às 9h.

A convocação partiu de cinco senadores que alegam que Mayra se notabilizou como defensora de um tratamento medicamentoso com drogas sem nenhuma comprovação efetiva contra o coronavírus. Além disso, os parlamentares querem mais informações sobre a aquisição e distribuição de comprimidos de cloroquina pelo Ministério da Saúde. De acordo com os requerimentos, questões relativas a isolamento social, vacinação, postura do governo, estratégia de comunicação e omissão de dados também devem ser abordadas.

CPI da Covid: Pazuello responsabiliza Secretaria de Saúde do Amazonas e empresa por falta de oxigênio no estado

CPI da Covid: ex-ministro das Relações Exteriores nega ataques à China em depoimento ao Senado

A secretária chegou a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) um habeas corpus preventivo para não ser obrigada a responder às perguntas dos senadores, porém, o pedido foi negado com a justificativa de que Mayra será ouvida como testemunha, não como investigada.

Foto: Leopoldo Silva/Agência SenadoFoto: Leopoldo Silva/Agência Senado


Leia mais

Leia também