Covid-19: vacinação de crianças ainda enfrenta resistência, tabus e fake news

Compartilhe

Apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgar e garantir a eficácia das vacinas contra o novo coronavírus para crianças de 5 a 11 anos, a imunização para essa faixa etária ainda enfrenta resistência, tabus e fake news.

O ritmo de doses aplicadas para o público infantil caminha lento em todo Brasil e, não é diferente em Barra de São Francisco. Após 23 dias desde a abertura do imunizante para essas idades, apenas 24,61% das crianças de 5 a 11 anos tomaram a dose que eleva a imunidade do corpo contra a covid-19.

”Considero esse ritmo lento porque nossa cidade, em qualquer outra campanha de vacinação infantil, tem sempre uma porcentagem de adesão próxima ou superior a 95%. Das quase 4.436 crianças nessa faixa etária, apenas 1.092 delas tomaram a dose contra a Covid-19′‘, informou o secretário municipal de Saúde, Elcimar Alves de Souza.

Para o secretário, as informações falsas e de fontes não científicas ainda causam receio em pais e responsáveis por essas crianças.

A aplicação da vacina em crianças foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) apenas depois de técnicos do orgão terem pedido, analisado e aprovado estudos sobre o uso dos imunizantes na faixa etária de 5 a 11 anos.

Em Barra de São Francisco, a vacinação das crianças de 5 a 11 anos teve início em 18/01/2022.

Na sede do município a vacina pediátrica está sendo aplicada nas Estratégias em Saúde da Família dos bairros Bambé, Irmãos Fernandes, Vila Vicente, e no Pavilhão, no Centro da cidade.

Está acontecendo um mutirão de vacinação para crianças de 5 a 11 anos nos distritos. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde já estiveram em Itaperuna, Santo Antônio, Poranga, Paulista, na escola Otto Saar. Hoje, dia 10, a vacina está sendo aplicada em Monte Sinai e amanhã, em Monte Senir.

Exemplo bonito e deve ser seguido foi dado pela aluna Helena Dummer de Oliveira, matriculada no 3° ano da Escola Municipal Otto Saar. Em vídeo postado no facebook da Secretária Municipal de Educação, Delma do Carmo Ker e Aguiar, ela disse: ”Foi super tranquilo tomar a vacina, já vacinei, não doeu nenhum pouquinho, vacinem, é muito bom”. 

Leia também

ES: homem é suspeito de invadir casa e balear namorada de 18 anos e irmã dela de 11 anos

  Vista do bairro do Romão, onde o crime aconteceu Duas irmãs de 18 e 11 anos tiveram a casa...

Governo Federal apresenta diagnóstico sobre gestão técnica de esgoto no Brasil

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) lançou, nesta terça-feira (2), o Diagnóstico Temático da Gestão Técnica de esgoto....

Manato escolhe empresário do Comércio Exterior como candidato a vice

  O candidato ao Governo do Espírito Santo Carlos Manato (PL), segundo colocado nas pesquisas de opinião, vai concorrer...

Sol Righeth confirma candidatura à Câmara Federal

  A Bacharel em Direito e atualmente atuando no setor de rochas ornamentais, Sol Righeth, é a candidata do...

Perito da Polícia Civil aposentado desaparece, e carro dele é encontrado incendiado no Espírito Santo

  O carro de um perito aposentado da Polícia Civil do Espírito Santo, que está desaparecido, foi encontrado incendiado...

Definidas ações de prioridade na criação do Polo de Irrigação do Sudoeste Paulista

Para atender as demandas de agricultores do estado de São Paulo, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em...

Diagnóstico dos casos de câncer de cabeça e pescoço predomina em estágio avançado

O câncer de cabeça e pescoço se desenvolve nas cavidades oral e nasal, faringe, laringe, seios paranasais, tireoide...

FNO tem alta de mais de 41% nas contratações em 2022

Empreendedores urbanos e produtores rurais da Região Norte contrataram R$ 4,47 bilhões por meio do Fundo Constitucional de...