Covid-19: estados já podem ampliar vacinação com doses da Pfizer para municípios

O Ministério da Saúde permitiu a ampliação da vacina da Covid-19 da Pfizer para municípios além das capitais. A aplicação do imunizante nessas cidades estava proibida momentaneamente devido às particularidades que envolvem o armazenamento e logística de transporte das doses. 
 
Agora, cabe aos estados definir quais cidades vão receber a vacina, desde que esses locais atendam a alguns critérios técnicos, como distanciamento de, no máximo, 2h30 da capital do estado. 

Covid-19: corrida por atestados de comorbidade gera suspeita de falsificação

Cepa indiana: primeiro caso da variante é confirmada em São Paulo

“Será possível vacinar a população acima de 18 anos até o fim de 2021”, diz Queiroga
 
O órgão reforça que na temperatura em que a vacina é entregue aos estados (entre – 25ºC e – 15ºC), as doses podem ser conservadas por até 14 dias. No entanto, nas salas de vacinação dos municípios, onde a refrigeração varia entre 2ºC e 8ºC, as doses têm validade de cinco dias. 
 
Nesta semana, o Ministério da Saúde distribui 609 mil doses do imunizante da Pfizer. Até o momento, a pasta entregou a estados cerca de 2,2 milhões de doses. 

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Leia mais

Leia também