Covid-19: Corpos de pacientes transferidos de SC que morreram no Espírito Santo chegam a Chapecó

 

Os corpos dos dois pacientes de Santa Catarina que morreram por complicações da Covid-19 após serem transferidos para leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Espírito Santo chegaram a Chapecó, no Oeste, na manhã desta quarta-feira (17). A informação é de Caroline Borges, do G1 SC e foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros, que foi responsável pelo processo de traslado.

Ivani Oliveira Ratkiewcz, de 63 anos, e Hércules Antonio Senger, de 59 anos, são as mais recentes vítimas do vírus após a transferência para o estado capixaba (leia abaixo o perfil das vítimas). Os óbitos foram registrados no domingo (14) e na segunda-feira (15), respectivamente segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Além deles, Daniel Pegoraro, de 34 anos, também morreu durante o tratamento no dia 6 de março. Outros dois pacientes que foram levados ao Espírito Santo seguem internados.

Na sexta-feira (12), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina informaram o encerramento dos transportes de pacientes para tratamento da Covid-19 no Espírito Santo. O motivo foi o aumento da taxa de ocupação de leitos em UTI no estado que havia disponibilizado até 16 leitos para receber os catarinenses.

Santa Catarina tem 8,9 mil óbitos pela Covid-19, segundo o último boletim divulgado pelo governo do estado. Foram 167 óbitos em 24 horas. O número de pessoas diagnosticadas com a doença chegou a 740.856 desde março de 2020.

Hércules havia trabalhado na Brigada Militar do Rio Grande do Sul — Foto: Redes Sociais/ Divulgação

Hércules havia trabalhado na Brigada Militar do Rio Grande do Sul — Foto: Redes Sociais/ Divulgação

Natural de Santo Ângelo (RS), Hércules foi a terceira pessoa que morreu lutando contra a Covid-19 após ser transferido para o estado capixaba. Ele chegou ao Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na cidade de Serra, região metropolitana de Vitória (ES), no dia 9 de março e o óbito ocorreu na noite de segunda-feira (15).

Por meio das redes sociais, a mulher de Hércules também deixou uma homenagem ao marido. “Lutou bravamente contra esse vírus terrível”, escreveu Neldi Senger.

O morador do Oeste catarinense foi 2º sargento do Policiamento Rodoviário da Brigada Militar do Rio Grande do Sul. A Agenda Brigada Unida (AABU) de Palmeiras das Missões (RS) publicaram uma nota lamentando a morte do gaúcho.

Hércules Antonio Senger, de 59 anos, morreu após complicações da Covid — Foto: Reprodução/ Redes sociais

Hércules Antonio Senger, de 59 anos, morreu após complicações da Covid — Foto: Reprodução/ Redes sociais

Ivani Oliveira Ratkiewcz foi a quarta pessoa a ser transferida ao Espírito Santo, segundo a SES — Foto: Reprodução Social/ Divulgação

Ivani Oliveira Ratkiewcz foi a quarta pessoa a ser transferida ao Espírito Santo, segundo a SES — Foto: Reprodução Social/ Divulgação

Moradora de Chapecó, Ivani foi transferida no dia 6 de março e também estava internada no Hospital Estadual Jayme dos Santos Neves.

Ela foi a quarta paciente que foi levada para internação em UTI-Covid para fora do estado e morreu na noite de domingo (14). Nas redes sociais, amigos e familiares homenagearam a vítima da doença.

Corpo de paciente de Chapecó que estava em tratamento no ES deve chegar a SC nesta segunda-feira — Foto: Arquivo pessoal

Corpo de paciente de Chapecó que estava em tratamento no ES deve chegar a SC nesta segunda-feira — Foto: Arquivo pessoal

Morador de Chapecó, Daniel trabalhava como caminhoneiro e foi o primeiro paciente com Covid-19 a ser transferido para seguir com o tratamento em outro estado. A transferência ocorreu no dia 3 de março, depois de aguardar sete dias um leito especializado dentro de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele deixou mulher e filha.

Familiares e amigos lamentaram a morte com homenagens feitas pelas redes sociais. “Hoje o céu deve estar em festa, só agradecer pela pessoa maravilhosa que você Daniel Pegoraro era amoroso, querido pai e esposo amoroso carinhoso. Nunca vou esquecer de você 17 anos juntos vou te amar sempre. Muita saudade meu amor. Não acredito que você se foi”, disse a esposa Eliane Schmitz Pegoraro.

 

Leia mais

Leia também